Pular para o conteúdo

Desempregado é esfaqueado e tenta fugir de atendimento do Samu

Uma equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel, de Urgência (Samu) foi chamada, na noite de quarta-feira, 17, por moradores da Rua Flamengo, bairro Tancredo Neves, para socorrer o desempregado Getúlio dos Santos Carvalho, 33 anos, que teria sido vítima de tentativa de homicídio em que sofreu duas perfurações a faca na altura do peito esquerdo.

Mesmo sangrando muito, Getúlio não queria ser atendido pelos paramédicos. Após muito esforço da equipe do Samu, Getúlio foi conduzido ao Pronto-Socorro.

Ele não quis informar à polícia quem teria tentado matá-lo e nem os motivos, mas os policiais militares de serviço no Pronto-Socorro descobriram que Getúlio responde a um processo por crime de roubo (assalto) e que possivelmente tenha sido esse o motivo para que ele tentasse fugir da equipe médica, temendo ser preso.