Após ameaça de desistência, Morcego “recebe” o Alto Acre

Todas as atenções desta semana acabaram se voltando para um dos clubes pequenos, o Andirá. Isso porque o clube ameaçou abandonar o Campeonato Estadual Acreano antes mesmo da bola rolar por falta de condições financeiras para a disputa do certame. Após negociação com os jogadores – para baixar salários – o Morcego garantiu sua permanência e enfrenta hoje, às 16h, o Alto Acre, no estádio Naborzão, em Senador Guiomard.Andira
Entre os jogadores que fazem parte do plantel, nove deles nunca participaram do Estadual Profissional, bem como o técnico Marcelino. A expectativa de todos é grande, porém garantem que isso tudo passa no “apito do árbitro”. Afonso Alves, vice-presidente e preparador físico, disse que dos mais de 20 jogadores que iniciaram a pré-temporada, 19 deles concordaram com a redução do salário e se comprometeram com o clube.

“Para disputar o Estadual, o clube precisa de no mínimo R$ 37 mil, por isso batemos na porta de muita empresa e muita gente, mas não conseguimos nada”, lamenta o dirigente. E acrescentou: “O que ninguém leva em consideração é que na época em que ninguém queria representar o Acre, o Andirá foi lá e honrou o nosso Estado”, desabafou Afonso.

Interior – O Alto Acre FC vem como um dos favoritos, entre os representantes do interior, porém logo na sua estréia pela competição, a equipe de Epitaciolândia terá o desfalque de três jogadores de fora do país, repetindo o amadorismo que o Plácido de Castro teve na última temporada.

Arbitragem – A arbitragem será de José Pinheiro. Os assistentes serão Jean Carlos e Janilda Melo, com Fábio Santos sendo o 4º árbitro.

Rodada completa – A rodada ainda terá mais quatro jogos no domingo. Confira a programação: Adesg x Vasco, no Naborzão, em Senador Guiomard, às 16h; Náuas x Independência, no Totão, em Mâncio Lima, às 17h; Plácido de Castro x Atlético Acreano, às 17h30, e Juventus x Rio Branco, às 19h30, ambos no Arena da Floresta.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation