Plácido de Castro joga o suficiente para bater o Vasco

Em mais uma apresentação e mais uma derrota, a AD Vasco da Gama vem se apresentando cada vez mais o “favorito” ao rebaixamento do Campeonato Estadual Acreano. O carrasco, desta vez, foi o Plácido de Castro FC, esse sim um dos favoritos ao G4.

A vitória, por 2 a 1, poderia inclusive ser maior se Anderson não tivesse perdido tantas oportunidades no confronto contra a equipe da “Fazendinha”, em jogo realizado no estádio Arena da Floresta, domingo à tarde. O zagueiro Nei e o meia Paulinho fizeram os gols do Tigre da Fronteira, enquanto o jovem de 17 anos, Gerônimo, descontou para o Vasco.

“Infelizmente não vamos ter reforços de fora. Se o próprio Andirá pensou em sair, a nossa situação não é diferente, pelo menos sobre contratações”, disse o técnico Som. Se o técnico lamentou, o jovem Gerônimo saiu alegre com o primeiro gol no profissional. “Fui feliz hoje, mas perdemos”, lamentou o atacante.

Após várias chances perdidas de Anderson, o Plácido fez o primeiro gol. Cobrança de falta cobrada por Wilian, Silvão desvia e o zagueiro Nei entra com tudo para fazer o gol com 21 minutos.

Várias oportunidades perdidas dos dois lados na etapa final, o Tigre faz o segundo aos 26 minutos. Babá sofre falta na entrada da área. Paulinho cobra falta no ângulo esquerdo, sem chance para o goleiro Márcio, ampliando para 2 a 0. No último minuto, Rogério lançou Gerônimo, que ajeitou o corpo e bateu fraco. O goleiro Máximo acabou “aceitando” o gol, diminuindo para 2 a 1, placar final.

Para a próxima rodada, o Vasco da Gama faz o jogo de meia de semana, no estádio Arena da Floresta, às 20h, contra o Juventus, quando o técnico Som reencontra sua ex-equipe. O Plácido, reforçado pelos meias Baiano e Rodrigo, colocam em campo seu favoritismo contra o Rio Branco, no sábado em local a ser definido.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation