Rio Acre ultrapassa os 15,46 metros

O nível das águas do Rio Acre, na manhã de ontem chegou à marca de 15,46 metros e já foi responsável pelo desalojamento de mais de 287 famí-lias, totalizando mais de 1.400 pessoas. A Defesa Civil está com 16 equipes trabalhando na retirada dessas famílias das áreas atingidas pela cheia do rio. O Parque de Exposições Marechal Castelo Branco até o início da manhã recebe cerca de 123 famílias e ao longo do dia novos abrigos são ocupados no local.
Rio-50
De acordo com as informações da Defesa Civil, a previsão de chuvas são para Capital que não influencia diretamente no nível das águas. Porém o volume do rio deve aumentar nesse final de semana devido à vazante já apresenta nas cabeceiras do manancial.

O coronel Ivo, da Defesa Civil Estadual, afirmou que na cidade de Assis Brasil o Rio Acre já baixou 20 cm, em Brasileira a redução foi de 2,26m e em Xapuri 98 cm.

“A situação é delicada, mas vamos manter o otimismo já que o rio está apresentando sinais de vazante nas cidades da cabeceira do manancial. É claro que estamos em alerta total já que essa água deve chegar à Capital na madrugada do domingo e novas famílias devem ser afetadas com isso. Mas acredito que logo também vivenciaremos a baixa no volume das águas”, defende.

O major George afirmou que existe um contingente de 150 pessoas trabalhando da assistência e transporte dos moradores atingidos pela cheia do rio. Entre eles estão alunos do curso de formação da PM, voluntários do Exército, Sensur, Semeia, Emurb e outras secretarias.

Com uma cota que já ultrapassa os 15 metros de altura, o Rio Acre é motivo de preocupação para as autoridades não apenas por estar desabrigando famílias de diversos bairros. As doenças que as águas contaminadas podem trazer aos atingidos pelo transbordamento passaram a ser uma circunstância de alerta e a Secretaria Municipal de Saúde já está agindo visando garantir o bem-estar daqueles que estão à mercê do perigo. (Agência Acre)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation