Índices inaceitáveis

São absurdos e por isso mesmo inaceitáveis os índices de acidentes de trânsito registrados na Capital e nas poucas rodovias do Estado. Só no último final de semana, foram mais de meia dúzia, alguns com vítimas fatais. Mais um indicador de que se está copiando os piores vícios de outras metrópoles, sem motivos para tanto.

Alguém poderia argumentar que se envolve em acidentes quem quer. Ou seja, quem não obedece as leis no trânsito, quem dirige com imprudência ou sem condições quando exagera na bebida ou em drogas.

Contudo, não é bem assim. Em muitos desses acidentes, pessoas inocentes acabam também sendo feridas ou perdem suas vidas justamente por causa desses maus motoristas e aí é que entra a responsabilidade dos órgãos de fiscalização, que não estão fazendo a sua parte.

O que se observa é que nos dias úteis da semana, os fiscais do trânsito agem e agem até com rigor, sobretudo, visando engordar o caixa com multas. Nos finais de semana, quando haveria mais necessidade de uma fiscalização rígida, eles somem e aí ocorrem todas essas barbaridades.

Vale repetir: Rio Branco e o próprio Estado são ainda pequenos, as distâncias curtas, não há motivo para tantos acidentes e tantas vidas mutiladas e perdidas.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation