Juliano, no feriado, “tira dois dentes” na goleada do Rio Branco

Artilheiro em cinco edições do Campeonato Estadual Acreano, o atacante Juliano César vem caminhando a passos largos para ser ainda mais o maior artilheiro na história da competição. No jogo isolado do feriado de Tiradentes, Juliano marcou duas vezes na goleada do Rio Branco FC sobre o Independência FC, por 4 a 0.
Rio-branco-destinha
O resultado deixou o Estrelão folgado na liderança da competição, com 18 pontos , inclusive permitindo que até a próxima não seja ameaçado, pois o segundo colocado, no caso o Náuas, joga no fim de semana, mas com 13 pontos não tem como ultrapassar.

O clássico Vovô também foi marcado pelas boas atuações dos dois goleiros, pois mesmo sendo goleado, Mococa foi um dos melhores jogadores do Tricolor de Aço. Cada goleiro também se destacou com uma defesa de penalidade máxima. Primeiro foi Araújo, cobrando penalidade sofrida por Testinha, e defendida no lado direito por Mococa. A resposta veio no pênalti sofrido por Vitor, cobrado por Paquito e agora defendido por Douglas.

A única preocupação para o Rio Branco foi a saída prematura, aos 34 minutos da etapa inicial, do meia Testinha. Sem a presença do outro meia Marco Antônio, contratado como um dos reforços talvez até para a série C, sentindo fadiga muscular, agora Testinha sentindo o joelho, a vez será das pratas da casa, como foi a entrada de Josy. Quem fez sua estréia na competição foi Evilásio, que teve uma participação discreta, mas ainda chegou a ameaçar o gol adversário.

Na próxima rodada, o Independência pega o Juventus, no estádio Arena da Floresta, no próximo dia 29, enquanto no mesmo dia e local, Rio Branco pega o Vasco da Gama. Neste final de semana acontecem mais quatro jogos: Alto Acre x Náuas, Atlético x Adesg, Vasco x Andirá e Juventus x Plácido.

Gols – O Rio Branco perdeu a chance de sair com um resultado ainda mais expressivo, apesar do tricolor também ter perdido algumas chances.

Não demorou para o Estrelão abrir o placar. Aos 20 minutos Testinha inverteu, Araújo ajeitou no peito para Juliano dar um toque sutil, tirando do goleiro Mococa, fazendo 1 a 0. Demorou apenas dois minutos para o Rio Branco voltar a marcar após jogada iniciada com Juliano para Ananias cruzar e o pequeno Araújo entrar no meio da defesa tricolor de cabeça, resvalando em Mococa. O goleiro ainda tentou espalmar a bola antes de entrar, no entanto o assistente Justino Aprígio correu para o centro, sendo acompanhado pelo árbitro José Pinheiro, ampliando para 2 a 0. Muitos jogadores foram reclamar com o assistente, menos o goleiro Mococa.

Os outros dois foram marcados na etapa final. Logo aos oito minutos Araújo desviou de cabeça a bola de contra-ataque, sobrando para Ley cruzar na linha de fundo. Juliano dominou e rolou no meio da área para Anselmo chegar batendo e deixar em 3 a 0. O favor foi retribuído aos 33 minutos, quando Anselmo lançou Juliano que ainda tirou Mococa da jogada para rolar a bola para o gol vazio, deixando o placar em 2 a 0.

Ficha Técnica
Independência 0x4 Rio Branco

Local: Estádio Arena da Floresta (17h)
Árbitro: José Pinheiro
Gols: Juliano César (2), Anselmo e Araújo.
Cartões Amarelos: Calafate, Renato (Independência), Neném, Rogério Tarauacá (Rio Branco).
Independência Mococa, Léo, Marquinho, Djailton, Calafate (Léo), Renato, Neiber, Tiago (Curica Love), Júlio, Paquito (Jereca) e Vitor. Técnico: Jangito.
Rio Branco – Douglas, Ley, Marquinhos, Rafael, Moisés, Ananias, Neném, Anselmo, Juliano César (Rogério Tarauacá), Testinha (Josy) e Araújo (Evilásio). Técnico: Vinícius Martins.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation