Pular para o conteúdo

Mulher é barbaramente assassinada a golpes de terçado na Vila Caquetá

A dona-de-casa Maria Cláudia Rodrigues de Oliveira, 30 anos, foi cruelmente assassinada a golpes de facão (terçado). O crime aconteceu na madrugada de quarta-feira, 21, dentro da casa da vítima, na Vila Caquetá, BR-317, km 72, Estrada de Porto Acre.

Segundo informações de vizinhos, na madrugada ouviram a vítima discutindo com o companheiro, em seguida, gritos de socorro. Ao amanhecer do dia, o corpo de Maria Cláudia foi encontrado entre o quarto e a sala da casa.

A vítima apresentava cortes profundos na cabeça, costas e garganta. O principal suspeito é o companheiro de Maria Cláudia, que está  desaparecido.
A polícia ainda não conseguiu identificar o acusado. A investigação está sob a responsabilidade da delegacia do município de Porto Acre.