Pular para o conteúdo

Eletroacre e Eletrobrás param na próxima segunda-feira

Em assembléia geral realizada ontem os servidores da Eletrobrás Distribuição Acre – antiga Eletroacre – decidiram realizar um protesto de 48h na próxima semana. A paralisação das atividades ocorrerá dias 10 e 11, segunda e terça, respectivamente. Nestes dias, apenas 30% dos servidores permanecerão nos seus postos de trabalho. Os demais se concentrarão na frente da sede da empresa.

Paralisação também de 24h nas Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte), na segunda-feira. De acordo com o presidente do Sindicato dos Urbanitários do Acre, Marcelo Jucá, nas duas empresas os servidores reivindicam a revisão do Plano de Cargos e Remuneração (PCR). Cobram ainda a realização de concurso público para a contratação de novos profissionais. Na antiga Ele-troacre, por exemplo, em 1999 a empresa atendia a 92 mil consumidores e tinha 900 funcionários. Hoje atende a 200 mil consumidores e o número de funcionários caiu para 270.

Segundo Jucá, na semana passada uma audiência pública foi realizada em Brasília para discutir o serviço prestado ao usuário de energia elétrica em todo país. O Acre passou vexame e foi denunciado pelos presentes como um dos estados onde o consumidor é mais desrespeitado, em virtude das tarifas abusivas.

Na oportunidade, o sindicato também teve a oportunidade de cobrar diretamente da direção da Eletrobrás, melhorias para os servidores. “Esperamos que o diálogo mantido em Brasília seja realmente implementado na prática”, observou Jucá.