PM apreende cocaína, maconha, pedras de crack e pistola em matagal

Policiais militares do 3° Batalhão, região da Baixada da Sobral apreenderam na ma-nhã de ontem, 19, uma grande quantidade de cocaína, maconha, pedras de crack, uma pistola ponto 380 e munições que foram abandonados por traficantes em um matagal localizado na Rua Mauá, bairro João Eduardo, local conhecido por “Cabana do Pinóquio”, usado como “QG do trafico”.drogas2005
No local foram apreendidos 14 pacotes de 50 gramas de cocaína, 71 tabletes de maconha, 10 pedras de crack, 55 trouxinhas de pasta-base de cocaína, uma pistola ponto 380, munições, um capuz, três balanças digitais para pesagem do entorpecente, produtos químicos usados para misturar ao entorpecente e material para embalagem da droga, além de dois cachimbos para fumar as pedras de crack.

Segundo informações do major Juvenal, comandante do 3° BPM, os traficantes estão mudando os locais de esconder a droga em uma tentativa de escapar da polícia, mas um levantamento na região realizado pelo setor de inteligência da Polícia Militar mapeou os locais de consumo e venda de entorpecentes existentes naquela região.

Em uma segunda investida da Polícia Militar ao mesmo local onde foi encontrada a droga, os militares descobriram um esconderijo no meio da mata, onde os traficantes guardavam três camisas do Flamengo.

Segundo o oficial que comanda o 3°  Batalhão, as camisas são uma forma que os criminosos utilizam na tentativa de dificultar a identificação deles quando praticam algum crime ou conseguem fugir de cercos da polícia, eles entram na mata e trocam de camisa.

“Quem mais utiliza esse método são os assaltantes, que após cometerem o crime trocam de roupa para dificultar a identificação”, afirmou o oficial. 

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation