Mais uma vez?

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade Federal do Acre vem tergiversando para adotar o Enem (Exame do Ensino Médio) como critério para o ingresso em seus cursos. Com isso, causa desinformação e transtornos entre os estudantes.

Sempre se disse neste país que o Vestibular, como vem sendo realizado há décadas, não é o melhor método de avaliação para o ingresso nas universidades. Já foi chamado de “loteria” e outros adjetivos depreciativos.

Quando surge um novo método, valorizando a aplicação, o esforço dos estudantes é preciso que os educadores e, sobretudo, dirigentes de universidades públicas façam também um esforço para adotá-lo, corrigindo seus erros e aprimorando-o, sem receios.

Como as inscrições já estão abertas, é de esperar que os dirigentes da Ufac, através do Conselho Universitário, dirimam suas diferenças e tomem uma decisão para não prejudicar ainda mais os milhares de estudantes que precisam preparar-se para o ingresso na universidade.

De sua parte, os estudantes, através de suas entidades representativas, precisam também cobrar uma decisão da universidade saindo do marasmo em que se encontram.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation