Ley e Araújo, uma dupla “infernal” para os adversários

Um homem não se mede pela estatura, mas sim pelo seu valor. Esta frase se encaixa perfeitamente em dois homens de frente do Rio Branco FC: o lateral direito Ley e o atacante Araújo. Mesmo com estatura baixa, os dois jogadores vem fazendo da vida de seus adversários um verdadeiro “inferno”.

Sem fome de gols e verdadeiros “carregadores de piano”, dentro da formação do técnico Tiago Nunes, os dois jogadores são liberados para as jogadas individuais e poderem partir para cima do adversário. E os dois tem feito suas obrigações, explorando principalmente a velocidade.

“Dentro do grupo não existe vaidade e se o companheiro estiver melhor colocado com certeza vou tocar”, afirmou Araújo. “O principal objetivo não é ‘eu’ marcar o gol, mas sim o Rio Branco sair de campo com os três pontos”, acrescentou.

Ley assegura que a parceria vem dando resultado, pois tinha poucos companheiros para tabelar na sua posição. “A gente conversa antes do treino e durante os jogos tudo sai mecanizado, pois sabemos exatamente como iremos nos comportar. Isso com e sem a bola”, garantiu o lateral.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation