Acordo de cooperação entre Governo do Estado e Ibama reforçam ações do Policiamento Ambiental

Acre recebe quatro viaturas equipadas para o combate aos crimes contra o meio ambiente
ambiental
O Governo do Estado recebeu na manhã desta sexta-feira, 18, quatro novas viaturas equipadas para uso exclusivo da Companhia de Policiamento Ambiental e em ações de parceria com o Ibama no combate aos crimes ambientais. O termo de entrega foi assinado pelo subcomandante da Polícia Militar, Paulo César Santos, e pelo secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente, José Machado.

 Da solenidade participaram o superintendente nacional do Ibama, Abelardo Bayma; os secretários de Segurança Pública, Marcia Regina, e de Meio Ambiente, Eufran Amaral, a promotora de Meio Ambiente do Ministério Público do Acre, Meri Cristina Gonçalves e o secretário municipal de Meio Ambiente, Arthur Leite. 

Criado em 1997 como Pelotão Florestal do Acre, a Companhia de Policiamento Ambiental ganhou em 2009 maior autonomia quando a corporação ganhou postura diferenciada e com ações de governo que proporcionaram o fortalecimento da unidade ambiental da Polícia Militar.

 O comandante da Companhia, coronel Douglas Augusto, diz que as novas viaturas municiam o grupo com os meios adequados para o policiamento ambiental correto e que atendem as demandas exigidas. Atualmente, a corporação possui 28 policiais treinados para executar as operações. Este número subirá para 45 após as capacitações que serão realizadas ainda este ano nos municípios de Cruzeiro do Sul e Brasileia.

O superintendente do Ibama, Abelardo Bayma, diz que o acordo de cooperação entre o órgão e os estados da Amazônia é o primeiro passo para fazer o sistema funcionar como deve agregando outros parceiros ainda em nível federal. Ele afirma que, por este motivo, em 2010 já é possível observar um índice de redução nos ilícitos ambientais, como queimadas e desmatamentos.  “Essas ações coordenadas culminaram com expressiva redução do desmatamento”.

Cronograma de execução da Companhia de Policiamento Ambiental do Acre prevê 40 operações este ano. A estratégia do governo federal por meio do Ibama e parceria com os estados faz parte de nova estratégia de fortalecimento das políticas nacionais de meio ambiente.

“Defendemos uma Polícia Militar forte, atuando no próprio estado, recebendo recursos federais”, reitera Bayma que participou da posse do novo superintendente do Ibama do Acre, Fernando Lima. (Agência Acre)

ambiental2

Assuntos desta notícia

Join the Conversation