Grupo de músicos acreanos fará turnê pelo Sul

Conhecimento e novas experiências são itens básicos para formação de artistas. Porém, nem sempre são coisas fáceis de alcançar. Para consegui-los, um grupo de 6 alunos e 2 professores do curso de Música da Ufac (membros da Cameracre Uirapuru) farão uma turnê com 11 apresentações em Rio Branco, no Sul do Brasil e na Capital do Uruguai (Montevidéu). A camerata (formação menor que orquestras e com repertório diferente) tocará em universidades e festivais representando a mais pura música amazônica.
Cameracre
A primeira apresentação será feita em Rio Branco, sábado (17), às 20h, no Teatro Hélio Melo, a fim de mostrar a nova obra do grupo e arrecadar verbas para criar a identidade vi-sual da Cameracre Uirapuru (designers gráficos, folders, etc) e financiar a turnê.

As demais apresentações serão em 9 cidades do Rio Grande do Sul: Rio Grande (dia 20); Pelotas (21 e 24); Bagé (22); Santa Maria (26 e 30, Festival Vale Vêneto); Sant’Ana do Livramento (1º); Porto Alegre (5) Caxias do Sul (6); Montenegro (7) e Gramado (8). Em Montevidéu (URU), o show será no dia 3 de agosto.

Conforme Marcelo Brum, diretor e pianista do grupo, o maior objetivo da turnê é levar a produção musical acreana ao restante do Brasil e dar oportunidade aos alunos de tocar e receber aulas com pessoas, estilos, assuntos e instrumentos totalmente novos.

“Será uma experiência inesquecível para estes alunos (jovens de 23 a 29 anos), pois lhes dará uma formação musical melhor, além da chance de vivenciar tudo isso fora daqui, no mais alto nível de profissionais do gênero”, comentou Marcelo, bastante animado.

Para isso, o grupo (1 violinista, 1 violoncelista, 1 pianista, 1 flautista, 1 percussionista e 3 cantores) precisou criar e ensaiar o seu acervo de músicas (uma mescla de erudita com popular; na turnê, eles estarão com outro grupo de músicas mais clássico-renascentistas) durante quase 1 ano e 2 meses. O projeto de levá-lo afora surgiu em outubro. Desde então, os ensaios para aperfeiçoamento de suas performances têm sido maiores.

Turnê pelo Estado – Assim que voltar do Sul do país, a Cameracre Uirapuru iniciará uma nova turnê pelo Acre para concluir o projeto de espalhar a sua música de temáticas locais. A excursão se chamará Interiorização da Cultura Artística no Estado e deve passar, no mínimo, por 7 municípios do Alto Juruá e da microrregião de Rio Branco (Capital, Capixaba, Porto Acre, Feijó, Tarauacá, Cruzeiro e Mâncio Lima).

A turnê pelo Estado deve durar até outubro. A partir daí, o grupo se dedicará a reunir os novos conhecimentos apreendidos para fixação ou mesmo para novos projetos.

Como recursos para as duas turnês, a camerata conta com parcerias da Ufac, da escola/ organização Musicalizar e da Fundação Elias Mansour. Para fora, as universidades que receberão a Cameracre Uirapuru também oferecem algum tipo de ajuda (hospedagem, alimentação, transporte, etc). Vale ressaltar que o projeto é sem fins lucrativos.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation