Mais avanços para o Juruá

Compromissos de Tião, Edvaldo e Jorge é com o setor produtivo de todos os vales do Acre
Jurua_Tio
O novenário em honra de Nossa Senhora da Glória, realizado anualmente no mês de agosto, deverá ser celebrado até 2012 com o Acre interligado de ponto a ponta, de Assis Brasil a Cruzeiro do Sul, pela BR-364, e já com a grande e bela ponte em construção por sobre o rio Juruá.

Foi assim, no clima de enorme confiança no futuro, que os principais líderes da Frente Popular e candidatos aos cargos majoritários da coligação se reuniram com moradores da região para anunciar que falta apenas um verão para que o Acre “deixe de ser separado em duas bandas”.

As comemorações em torno desta união do Acre ocorreram em reuniões realizadas por Tião Viana, candidato ao governo do estado, e Edvaldo Magalhães e Jorge Viana, candidatos ao Senado, além de César Messias, candidato à reeleição como vice-governador, na localidade de Santa Luzia, há 40 quilômetros de Cruzeiro do Sul e, horas depois, num clube da cidade, com a presença de pelo menos 400 pessoas.

Em Santa Luzia, os candidatos voltaram a ouvir reivindicações sobre a emancipação da Vila em município. Santa Luzia era a sede de um projeto de assentamento, que se transformou numa vila em torno da qual vivem hoje pelo menos 15 mil pessoas, com cerca de cinco mil eleitores.

Tião Viana e os candidatos ao Senado se solidarizaram com a batalha do comitê que luta pela emancipação da vila. De volta de Santa Luzia, os candidatos se reuniram, à noite, em Cruzeiro do Sul, com lideranças comunitárias das áreas urbana e rural daquele município.

Maior produção de frutas e de leite no estado
Maior produtor de frutas e verduras do entorno da capital, o município de Porto Acre deverá dominar também a produção de leite e avançar muito em relação a outros derivados da indústria do laticínio.

O compromisso foi firmado na manhã desta sexta-feira, 30/07, durante reunião de Tião Viana, candidato ao governo do estado, e de Jorge Viana e Edvaldo Magalhães, candidatos às duas vagas ao Senado, com produtores de frutas e leite do ramal da Linha Dez, quilômetro 8, na sede do projeto de assentamento Humaitá, em Porto Acre.

O encontro se deu na residência de um dos pioneiros da região, José Hildo Gonçalves Fernandes, de 61 anos, que está assentado na área desde 1982. Dono de 76 hectares de terra, na qual produz a média de 150 litros de leite por dia e até 500 quilos de mamão Havaí por semana, além de ser dono de 65 mil pés de abacaxi, José Hildo reuniu a família, vizinhos e amigos para um café da manhã com os candidatos. Eles declararam apoio aos candidatos da Frente e cobraram compromissos com suas causas em busca do aumento da produção leiteira e de frutas na região.

Só do Ramal da Linha Dez, a partir da fazenda de José Hildo e seus vizinhos, saem diariamente a média de 1 mil litros de leite por dia. “Nós temos condições de triplicar isso. Desde que tenhamos apoio dos nossos governantes”, disse Hildo. O produtor disse ainda que, com o apoio obtido nos governos de Jorge Viana e de Binho Marques, os produtores puderam avançar muito, mas, para aumentar a produção, precisam cada vez mais de assistência técnica. (Assessoria)

Jurua_Tio_2

Assuntos desta notícia


Join the Conversation