Jorge diz que Tião fará muito mais que ele e Binho no Governo

“O Jorge Viana iniciou esse processo que nos trouxe até aqui, mas é preciso avançar ainda mais”, disse o candidato da Frente Popular do Acre ao Governo do Estado, Tião Viana, ao se encontrar, na manhã de ontem, 9 de agosto, com funcionários e diretores da empresa Recol Medicamentos, na Via Chico Mendes.
Tiao-viana-1008
Sempre acompanhado de Jorge Viana e Edvaldo Magalhães, candidatos às duas vagas de senadores, Tião Viana também participou, no final de semana, do lançamento da candidatura da advogada Doutora Juliana, que concorre a uma das vagas à Assembléia Legislativa na coligação encabeçada pelo PRB (Partido Republicano Brasileiro). O encontro ocorreu no “Recanto do Gaúcho”, na entrada da estrada que dá acesso ao Panorama, com a participação de pelo menos 500 lideranças da comunidade.

Na visita à Recol, do empresário Roberto Moura, Tião, Jorge e Edvaldo voltaram a pregar a união do Acre em torno das propostas da FPA. “Nós precisamos eleger a companheira Dilma presidente como uma homenagem ao presidente Lula por tudo o que ele tem feito pelo Acre”, disse Tião Viana. “Mas, além disso, temos que homenagear o Jorge Viana como o senador  proporcionalmente mais bem votado do país e eleger o Edvaldo Magalhães como o nosso segundo senador”, acrescentou.

Ao declarar que o futuro do Acre está relacionado à industrialização e ao desenvolvimento de projetos que impulsionem a micro-economia, Tião, Jorge e Edvaldo destacaram que o grande salto a ser vivenciado no Estado será a implantação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE), que está sendo instalada em Senador Guiomard. Ali, pelo menos 14 indústrias deverão se instalar ainda este ano e vão gerar no mínimo seis mil empregos.

“É esse o futuro que nos espera”, disse Jorge Viana. “Foi por isso que trabalhamos tanto na preparação desse Acre que queremos. Primeiro, fizemos as obras de infra-estrutura e agora, com o Tião Viana no governo, vamos avançar ainda mais porque ele tem as condições reais de fazer um governo bem melhor do fizemos eu e o Binho”, acrescentou Jorge Viana. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation