A grande esperança

Provavelmente nem a maior esperança humana é capaz de abarcar toda a grandeza e generosidade de Deus.

Grande é a esperança da vida dada por Deus uma única vez.

Pequena é a esperança da vida sem a presença de Deus.

Maior é a esperança da vida presenteada várias vezes.

Grande é a esperança de morrer sem deixar de existir.

Pequena é a esperança de morrer e tudo acabar.

Maior é a esperança de morrer e ter condições, no futuro, de recomeçar. Amar novamente a quem sempre amou. Perdoar e ser perdoado por aqueles que magoamos. A ter novas oportunidades de aprender e de ser melhor, cada vez melhor até o infinito.

Grande é a esperança de partir sem deixar de existir, mas sem contato ou informação.

Pequena é a esperança de partir deixando de existir.

Maior é a esperança de partir podendo se reencontrar ou se comunicar, dando e recebendo notícias, não perdendo o contato com pessoas que se estimam e amam.

A grandiosidade e a bondade de Deus não dependem do homem, mas apenas a sua percepção. Grande é o homem que consegue perceber Deus em alguns lugares. Pequeno é o homem que em nada vê Deus. Maior é aquele que percebe e vive, estuda e trabalha por Deus em tudo.


*Paulo Hayashi Jr.
doutorando em Administração -UFRGS

Assuntos desta notícia

Join the Conversation