Prefeito e presidente da Embratur visitam obras da Rodoviária Internacional

O prefeito Raimundo Angelim e o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Mário Moysés, visitaram ontem pela manhã, 27, as obras da primeira etapa da Rodoviária Internacional de Rio Branco. Acompanhado do secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Wolvenar Camargo; do superintendente de Transportes e Trânsito, Ricardo Torres; do secretário estadual de Turismo, Esporte e Lazer, Cassiano Marques; de engenheiros e técnicos; Angelim apresentou ao presidente da Embratur o projeto arquitetônico da nova rodo-viária e destacou a vocação econômica e turística da cidade de Rio Branco.

“É uma obra que tem uma visão de futuro e representa um forte investimento no turismo regional e internacional. O Estado do Acre vai se beneficiar muito com a obra e, em particular, a Prefeitura de Rio Branco comandada pelo prefeito Angelim. A rodoviária internacional vai incentivar o turismo na região, principalmente, com os países vizinhos”, salientou o presidente da Embratur, Mário Moysés.

A rodoviária está sendo construída em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Segundo Distrito e ocupa uma área de 186 mil m². A área construída é de 7,6 mil m². Os investimentos na primeira etapa são de R$ 9,2 milhões, dos quais R$ 5,6 milhões são oriundos do Ministério do Turismo e R$ 3,5 milhões de contrapartida do município. Na segunda etapa serão alocados mais R$ 7,9 milhões, totalizando um investimento de R$ 17,1 milhões.

A idéia com a construção da rodoviária é aumentar o conforto, no embarque e desembarque de turistas que visitam o Acre, vindo de outros estados e países, como o Peru e a Bolívia, além de melhorar o atendimento dos passageiros das via-gens interestaduais. “Esta obra não é uma política de governo, mas de estado. Estamos pensando o nosso município, não para daqui dez ou vinte anos; mas para daqui 50 anos. Estamos pensando o Acre para o futuro”, explicou o prefeito Raimundo Angelim, enquanto vistoriava as obras. “Nossa meta é entregar até dezembro o empreendimento. Nossa Capital apresenta, com esta obra, uma das mais modernas rodoviárias da região Norte. Agora teremos uma rodoviá-ria à altura do povo acreano”, complementou Angelim.

 A rodoviária terá sua área distribuída em dois pavimentos e quando concluída atenderá uma média de 36 mil passageiros por mês, com previsão de fluxo de chegadas/partidas de 60 veículos por dia. (Ascom PMRB)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation