Gazetinhas 29/10/2010

* Tá chegando o dia.

* Dilma ou Serra; Serra ou Dilma?

* 55 ou 77; 77 ou 55?

* Há pesquisas sobre quem ganha o referendo e também sobre Dilma ou Serra aqui no Acre.

* Como não foram registradas no TRE, fica mesmo só para o consumo interno.

* A propósito de pesquisa, no programa do Serra ontem no rádio e televisão apareceu um novo instituto, dando apenas 5,5% de vantagem pró-Dilma.

* O que não faz o desespero…

* Segundo o calendário eleitoral, hoje, 29, último dia para a realização de debates; último dia também para a propaganda paga nos jornais e também em páginas institucionais dos candidatos na internet.

* E atenção, muita atenção.

* Os bons juízes eleitorais da 1ª, 9ª e 10ª Zonas Eleitorais, Afonso Braña, Marcos Thadeu Matias e Romário Divino, decidiram que a Lei Seca só vai valer para domingo.

* No sábado, portanto, está garantido aquele churrascão, com cervejão, com solzão, com mulherão ou homão, sei lá.

* O leitor pingunço que passou a semana enchendo deve ficar feliz com a notícia.

* Mulheres ouriçadas com a possibilidade de o Brasil ter a primeira mulher como presidente ou presidenta da República.

* No artigo ao alto, a pequena Eliane Sinhasique escreve que a “Hora é da mulher”.

* Mulheres, mulheres, humm…

* Muitos bambambans da política e da administração locais já traçando seus destinos para quando o próximo ano chegar.

* Não seja por isso.

* Assessores do candidato Antônio Gouveia, o Tijolinho, informaram ontem que, do alto do seu 1% de votos, ele também já decidiu:

* vai fazer pós-gradução na Vila Evo Morales sobre a importância da preservação de uma “planta da família das gramíneas, de colmo excepcionalmente alto, comum nas zonas tropicais e subtropicais”.

* Traduzindo: “bambures”.

* Rede Amazônica, afiliada da Globo, ainda não conseguiu acertar o relógio com o Horário de Verão para o futebol às quartas-feiras.

* Só está passando o segundo tempo do jogos.

* Como este matutino divulgou ontem, talvez, o Acre nem chegue aos 800 mil habitantes, segundo o Censo do IBGE.

* Com cerca de 15 milhões de hectares de terras/florestas, é muita pouca gente.

* Daria até uma tese sociológica, econômica, psicológica.

* SOS Amazônia manda CD com o relatório sobre seus 22 anos de atuação no Acre defendendo e promovendo a conservação do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida da população.

* Nas páginas centrais desta edição, vale conferir matéria da enviada especial ao Rio de Janeiro, Ivete Maia, sobre os projetos sociais e ambientais contemplados pela mega Petrobras.

* O Acre emplacou três projetos.

* Final de tarde bonito, de sol, bom para tomar tacacá.

* Até o Fenômeno (de gordo) faz gol ‘naquele time’.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation