Acre faz acordo com Mato Grosso para a consolidação da rota Amazônia-Andes-Pacífico

encontro_abav_2

O Governo do Estado do Acre estabeleceu um acordo de cooperação técnica com o Governo do Estado de Mato Grosso para a consolidação da rota turística Amazônia-Andes-Pacífico. O evento contou com a presença do secretário de Turismo do Acre, Cassiano Marques, da secretária de Turismo do Mato Grosso, Vanice Marques, do presidente da ABAV, Raimundo Moraes, além do Ministro do Turismo, Luiz Barreto.


Um protocolo de cooperação entre o Estado do Acre, por meio da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer (setul), e o Estado do Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo (sedtur) foi assinado na tarde desta quinta-feira, 21, durante reunião do Fórum de Secretários e Dirigentes de Turismo (FORNATUR) para a consolidação da rota do Amazônia-Andes Pacífico com voo regular entre Rio Branco-Lima-Cuzco.

O evento foi realizado durante o Congresso Nacional da ABAV, no Rio Centro, Centro de Convenções do Rio de Janeiro, e contou com a presença de todos os secretários de turismo dos Estados.    

Na prática, o documento autoriza os governos do Acre, Rondônia, Amazonas e Mato Grosso a desenvolver ações efetivas para a promoção do turismo internacional entre Brasil e Peru, por meio da nova rota Pantanal-Amazônia-Andes-Pacífico.

O secretário Cassiano Marques destacou também a conexão regular terrestre entre Lima – Cusco – Rio Branco – Cuiabá – São Paulo, que passa pela conclusão da Estrada do Pacífico, prevista para ser inaugurada na primeira quinzena de dezembro de 2010.

O fortalecimento dessa rota internacional foi possível graças ao protocolo assinado em 13 de abril de 2008, como produto turístico integrado entre os dois países, e o esforço de desenvolvimento e promoção de roteiros integrados na Amazônia por autoridades públicas e representantes do trade turístico nacional.

O ato vai promover a partir de agora um aumento na oferta de pacotes turísticos pelas operadoras e agências de viagens. Além de abrir novas oportunidades para o turismo de lazer e de negócios contribuindo para o desenvolvimento do Acre. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation