Programa da Eletrobras trocará 1,5 mil geladeiras nos municípios acreanos

A Eletrobras Distribuição Acre já deu largada às visitas técnicas para a troca de 1.500 geladeiras antigas nos 22 municípios locais, mais as vilas Campinas e Redenção. A iniciativa faz parte da 2ª edição do projeto de Substituição de Refrigeradores, criado no Programa de Eficiência Energética. As visitas começaram na semana passada, desde quinta (21), em 4 municípios: Rio Branco, Feijó, Manoel Urbano e Tarauacá. O prazo para as trocas é de até 6 meses, mas a meta da empresa contratada é de fazê-las até o final de dezembro.
Geladeiras
O projeto em questão contempla as 1.500 casas acreanas (unidades consumidoras, e não as pessoas/ donos) substituindo geladeiras defeituosas e ineficientes por novos modelos bem mais práticos e econômicos de energia. Os aparelhos velhos – e emissores de grande teor de gases nocivos à camada de ozônio (CFC) – são enviados a São Paulo para serem desmontados de forma ecologicamente segura, com reciclagem de peças e sem vazamento de gases.  

Segundo o engenheiro elétrico Dennys Senna, os refrigeradores foram sorteados para as unidades desde novembro de 2009. Os critérios do sorteio foram de casas com cadastro de moradores de baixa renda, adimplentes com Eletrobras, com medidores monofásicos (até 220 w/h ao mês), geladeiras velhas, sem ‘gatos’ e fora das áreas de ‘invasão’ de terras.

A partir daí, Dennys conta que foi contratada a empresa especializada para execução do projeto. Parte das máquinas já está sendo transportada e deve ficar alocada nos postos de trocas de cada local. As visitas técnicas – iniciadas semana passada – servem para verificar in loco se a unidade/residência realmente atende às condições do projeto. Aprovadas nas visitações, a geladeira usada recebe um selo especial (que não pode ser removido, senão estraga) que permite que ela seja substituída por uma nova nos postos de trocas.

Por localidade, o projeto de substituição visa beneficiar: a Capital (750 refrigeradores);  Cruzeiro do Sul (142);  Porto Acre (118);  Tarauacá (63);  Feijó (54);  Brasiléia (50); Sena Madureira (45); Quinari (35);  Xapuri (35); Epitaciolândia (34); Plácido de Castro (28);  Mâncio Lima (24);  Acrelândia (23);  Rodrigues Alves (18);  Porto Walter (14); Manoel Urbano (12); Capixaba (12);  Bujari (12); Assis Brasil (10);  Mal. Taumaturgo (6);  Jordão (4);  Sta. Rosa (3); Vila Campinas (3) e Vila Redenção (1).

Par tirar dúvidas, obter mais informações a respeito do projeto ou sobre os postos de trocas das geladeiras, a Eletrobras disponibiliza um serviço para tirar dúvidas pelo telefone: 0800 647 7196.

Resultados anteriores e novas propostas
As geladeiras novas são custeadas pelo 0,5% que a Eletrobras Distribuição Acre destina do total de sua receita líquida para iniciativas de alta eficiência energética e que trazem benefícios ao povo de baixa renda do Estado. O objetivo maior é incentivar o consumo racional de energia. O programa já realizou, em anos anteriores, a troca de mais de 11 mil lâmpadas incandescentes (100w) por fluorescentes compactas (23w) e de 680 geladeiras novas (1ª edição, 2008), além de melhorar instalações elétricas de 1.500 lares acreanos.

Como propostas futuras, Dennys Senna adianta que a distribuidora local pretende lançar projetos especiais no mesmo sentido, com a troca de 40 mil lâmpadas compactas. Além disso, a conces-sionária acreana almeja regularizar a situação de centenas de clandestinos do Estado, realizando a instalação gratuita de toda a rede elétrica adequada nestas casas.   

Assuntos desta notícia

Join the Conversation