Turismo como peça-chave na Nova Economia do Acre

Governador Binho Marques recebe empresários da StarPeru que avaliam destinos turísticos do Estado
Binho_Turismo
A história da integração aérea entre Brasil e Peru teve o dia 20 de setembro como marco mais relevante. Nessa data, a StarPeru, uma das maiores companhias aéreas do Peru, estabeleceu oficialmente a aerovia regular entre Rio Branco, capital do Acre, com destino a Cusco e Lima, sedes dos principais destinos turístico do País.

Um mês depois, os voos registram lotação média de 50% dos assentos e os executivos da companhia se declaram satisfeitos e nutrem a perspectiva de crescimento rápido no fluxo de passageiros: “esperamos crescer bem em breve. Nossos planos são de ampliar presença no Acre, aumentar voos”, estimou Roman Kasianov, vice-presidente da StarPeru.

No site da empresa, Rio Branco é apresentada como “a capital da Natureza“. Desde sexta-feira passada, 15, onze dos maiores e mais importantes operadores de turismo de Lima percorrem os destinos turísticos do Vale do Acre para reconhecimento visando melhorar a qualidade da comercialização dos pacotes para o Acre.

“O povo do Acre tem o prazer de recebê-los”, disse o governador Binho Marques em rápida reunião com o grupo nesta segunda-feira, 18.

O turismo, frisou o governador, é peça chave em um ambiente que tem uma história muito interessante. Os operadores conheceram o circuito histórico e cultural de Rio Branco, visitaram a cidade de Xapuri e estiveram no Seringal Cachoeira.

De volta a Rio Branco, participaram de uma rodada de negócios. “Estive aqui há 25 anos para participar do carnaval. As diferenças são grandes, Rio Branco se tornou uma cidade bonita e moderna”, disse Esther Roncal Torrel, da Domiruth Travel Service.

O secretário de Turismo, Esporte e Lazer, Cassiano Marques, destacou o trabalho do governo Binho Marques na construção da política de turismo do Estado. “O governador deixou a base pronta. Foram quatro anos trabalhando para isso”, disse Cassiano. Em encontro com o governador eleito, Tião Viana, os operadores do trade peruano receberam a garantia de ações e investimentos pela ampliação do ecotrurismo na região.

O presidente da StarPeru recebeu de Binho Marques os cumprimentos e agradecimentos pela postura pioneira em se estabelecer no Acre. Valetin Kasianov afirmou que em quinze anos de atividade área, nunca havia recebido apoio institucional para fomentar o turismo.

“É a primeira vez que recebo apoio para nossos planos de desenvolvimento de voos”, disse Valentin. A linha Rio Branco-Cusco-Lima representa um grande passo do esforço pela integração entre Brasil e Peru, destacando um novo momento para o Acre na consolidação da Nova Economia, baseada em baixo carbono e alta inclusão social.

“Quero que vocês continuem acreditando. Tudo o que foi feito é pouco diante do que ainda virá”, disse governador, completando que a relação do Brasil com os países andinos está mudando a partir do Acre.

A viagem de Rio Branco a Lima dura cerca de três horas e custa em média US$ 280 ida e volta. Os voos são regulares, com saída na segunda e sexta-feira, com chegada às 10h20 e partida às 11h. (Agência Acre)

Binho_Turismo_2

Assuntos desta notícia

Join the Conversation