Comparsa de “Filho do Diabo” é preso acusado de ser integrante de quadrilha

comparsa_diabo

Policiais do Grupo Antiassalto da Polícia Civil prenderam Sidney de Freitas Pereira, 26 anos, acusado de participar do assalto a casa do professor Airton Rocha, no dia 19 de maio deste ano.

No dia do crime as vítimas Airton Rocha  e sua esposa Maria Sueli foram amarrados e mantidos reféns por mais de três horas dentro de sua residência, na rua Princesa Isabel, no bairro Estação Experimental.

Segundo informações da polícia, Sidney Pereira é acusado de levar uma moto do casal, durante o assalto. Ele foi preso no bairro Cadeia Velha.

A identificação e prisão de Sidney foi possível porque o comparsa dele no crime conhecido pelo apelido de “Filho do Diabo”, que já estava preso, teria delatado Sidney.

O acusado ainda foi reconhecido por um moto-taxista vítima de roubo praticado pela dupla. Após ser indiciado por crime de roubo Sidney Pereira foi encaminhado ao Presídio Estadual.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation