Educação entrega carta-compromisso a presidenciáveis

Na data em que se comemora o Dia do Professor (15 de outubro), entidades ligadas à educação fazem nova tentativa para angariar compromissos dos presidenciáveis para garantir uma educação de qualidade a todos. Redigida por 25 entidades e movimentos nacionais, a Carta-compromisso pela garantia do direito à educação de qualidade será entregue hoje aos candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).

A intenção é que, nesta reta final das eleições, os presidenciáveis se comprometam com a educação de qualidade e assegurem políticas públicas educacionais capazes de garantir o alcance do direito à educação a todos os brasileiros. Entre as medidas defendidas pelas entidades, está a inclusão, até o ano de 2016, de todas as crianças e adolescentes de 4 a 17 anos na escola.

As entidades também querem que os presidenciáveis se comprometam com a erradicação do analfabetismo e com a implementação de ações concretas para valorizar os profissionais de educação. Como medida para erradicar o analfabetismo, as entidades propõem a meta de garantir que, até o ano de 2014, todas as crianças brasileiras com até os 8 anos de idade estejam alfabetizadas.

A candidata petista receberá a carta-compromisso com a educação às 14h no Palácio do Trabalhador, em São Paulo. No local, Dilma participa do Ato pela Educação, Juventude, Ciência e Tecnologia. O candidato tucano receberá o documento às 17h30, no Hotel Boulevard, em Londrina (PR). Em homenagem ao Dia do Professor, Serra destacou hoje, no horário eleitoral do rádio, as propostas de seu programa de governo para educação.  (Congresso em foco)

 

 

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation