Fernando Melo afirma que vai sair do PT

Militante do PT há 15 anos, já tendo exercido importantes cargos nas administrações municipais de Rio Branco e estaduais da Frente Popular do Acre (FPA), o deputado federal Fernando Melo afirmou que irá deixar o seu partido. Notadamente magoado com sua não reeleição, ele diz que não teve sua dedicação e a importância de seu mandato valorizados dentro do partido e que sua candidatura foi preterida em benefícios de outras.
Ferando-melo
“Vou sair do PT pela porta da frente, assim como fez a Marina, sem alarde, sem agressões, com respeito e serenidade. Não houve compatibilidade entre o meu trabalho, o meu mandato e a importância que deram. Minha reeleição foi preterida em favor de outros nomes. Faltou apoio. A decisão já foi tomada. Esta é minha decisão inicial. Vou deixar o partido, após cumprir o mandato”, disse o parlamentar.

Apesar da mágoa aparente, Fernando Melo não acusa diretamente seu partido ou a coligação pela derrota, mas deixa a entender. Nos bastidores, os comentários são de que sua reeleição foi preterida pela cúpula da FPA e do PT. Melo diz que só vai deixar o PT após o término do mandato e que até lá continuará pertencendo à sigla. Ele afirma que cumprirá os últimos três meses que restam seguindo as orientações partidárias. “Vou cumprir o restante do mandato seguindo as orientações do partido e só depois vou me desfiliar”, frisou. Ele acrescenta que continuará na campanha de Dilma Roussef (PT) para presidente. “Fui Dilma no primeiro turno, entrei em sua campanha, e continuarei no segundo turno”, anunciou o parlamentar.

De acordo com Fernando Melo, apesar da decisão de sair do PT, existem, no partido, pessoas a quem preza muito e pelas quais tem “um respeito muito grande”. Ele diz, ainda, que não irá se filiar a outro partido, por enquanto, e que vai viver sua “vida civil”. (Assessoria)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation