Justiça Eleitoral intensifica a fiscalização nos bairros da Capital

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), desembargador Arquilau de Castro Melo, se reuniu na tarde de quinta-feira (30) com cinco juízes eleitorais auxiliares para planejar ações de fiscalização nos bairros de Rio Branco.
Arquilau_tre
O juiz eleitoral da 10ª Zona, Romário Divino Faria, responsável pelo Disque-Denúncia, também participou do encontro. 

O objetivo da Justiça Eleitoral é intensificar o trabalho de combate a compra de votos e coibir a prática da boca-de-urna no dia 3 de outubro. Foram designados para esse trabalho os juízes Júnior Alberto Ribeiro, Cloves Augusto Alves Cabral Ferreira, Olívia Maria Alves Ribeiro, Mirla Regina da Silva Cutrim e Maha Kouzi Manasfi e Manasfi. Eles contarão com o apoio de uma equipe de fiscalização e de policiais civis, militares e federais.

As ações foram divididas em cinco regionais. O magistrado Júnior Alberto Ribeiro utilizará o gabinete da 3ª Vara de Família, localizado na Rua Benjamin Constant, n. 1165 – Centro (Fórum Barão do Rio Branco); a juíza Mirla Regina da Silva Cutrim, o gabinete do 3º Juizado Especial Cível, localizado na Rua Manoel Rodrigues de Souza, n. 261 – Bosque (antigo Dom Pedro II); a juíza Olívia Maria Alves Ribeiro, utilizará o gabinete da Vara da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, localizado na Rua 24 de Janeiro, n. 55 – 2º Distrito (próximo à Escola Maria Angélica de Castro).

O magistrado Cloves Augusto Alves Cabral Ferreira utilizará as instalações da Escola Glória Perez, localizada na Av. Brasil, n. 85 – Placas, e a juíza Maha Kouzi Manasfi e Manasfi, as instalações da Escola José Ribamar Batista, localizada na Rua Rio Grande do Sul, 2570 – Aeroporto Velho. (Ascom/TRE)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation