Gazetinhas 16/04/2011

* Impressionante!

* Já passou da metade de abril e o Rio Acre não pára de subir (pelo menos, até ontem).

* Não só isso. Também não pára de chover.

* Ontem, no começo da tarde, o tempo fechou, escureceu, parecia tudo muito cabuloso.

* Tanto é que alguns mais ‘cabulosos’ já estão falando por aí que se trata da “vingança do rio”.

* Vingança, no caso, por ele vir sendo tão maltratado com desmatamento de suas margens, poluição e tudo o que não presta.

* Outros mais “antigos” sustentam que, mesmo sendo já abril, algo ainda haveria de acontecer.

* É que mangueiras deram duas safras no ano passado e aí sempre ocorrem alagações, dizem.

* Crenças à parte, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, veio e deixou R$ 900 mil para ajudar na assistência dos desabrigados.

* Por causa do mau tempo, chegou com mais de duas horas de atraso e sobrevoou de helicóptero os bairros mais atingidos.

* No discurso no Parque de Exposições cometeu uma gafezinha, mas sem conseqüências.

* Alagação grande como esta sobra mesmo é para os prefeitos.

* Além da assistência aos desabrigados, quando as águas baixarem, o trabalho de recuperação é dobrado, atravessando todo o planejamento de obras da cidade.

* (A propósito, bem que o Oly Duarte e outros assessores mais parrudos poderiam ajudar mais o prefeito Raimundo Angelim, tão frágil, tão magro, coitado.)

* Alguns segmentos chegaram a comemorar a ‘cassação’ do senador Aníbal Diniz, mas tudo não passou de um mal-entendido.

* Houve apenas um pedido de informações do ministro do STF, Celso de Mello, ao presidente do Senado.

* Aníbal continua senador e neste final de semana faz um giro pelo interior do Estado com o colega de bancada Jorge Viana.

* Como teria havido uma interpretação um tanto forçada nesta sentença do juiz federal Valdemar Cláudio de Carvalho sobre o Vestibular da Ufac.

* O correto seria dizer que o juiz “sugeriu” a suspensão do semestre e as matrículas e não que “mandou”, “determinou”.

* Na verdade, seria mais uma advertência sobre penalidades que poderão advir no caso de novas decisões judiciais.

* Leitor liga perguntando se o Procon já teria chegado a alguma conclusão sobre os preços dos combustíveis praticados no Estado (?)

* Litro da gasolina a R$ 3,010 é de lascar.

* Avião da TAM quase não desce ontem à tarde em Rio Branco por causa do mau tempo.

* Tudo muito cabuloso.

* Ainda sobre a alagação continua valendo o apelo à solidariedade.

* Alimentos, roupas, material de higiene sempre ajudam e muito nessas situações de desamparo.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation