Catedral monta programação com voto solidário, novidades e resgate de valores

Para que os dias da Semana Santa não passem sem seus sagrados valores, a Catedral de Rio Branco (Nossa Sra. de Nazaré) realiza desde domingo (17) uma programação extensa com todo simbolismo da data.  Como já é tradicional, o objetivo é fazer com que os verdadeiros ensinamentos da história da paixão e ressurreição de Jesus Cristo venham à tona aos acreanos neste feriadão. Porém, além das tradições, a entidade católica pretende marcar suas atividades com algumas novidades e com um voto de solidariedade às vítimas da alagação do Rio Acre.
Catedral21
Para detalhar a programação, ninguém melhor do que o padre Mássimo Lombardi, reitor da Catedral. De acordo com ele, as atividades começaram muito bem nos primeiros dias. A partir de hoje (21), terá início o Tríduo Pascal (‘coração’ da Semana Santa), com celebrações nas paróquias da cidade e, às 19h, com o rito litúrgico de Lavagem dos Pés, relembrando os primeiros preceitos da Eucaristia de ‘servir ao próximo, não para ser servido’. Para fechar, o dia terá a Adoração ao Santíssimo, com a animação do grupo RCC.

Já a Sexta da Paixão (22) será marcada pelas novidades e um grande público – estimado em mais de 50 mil. Logo às 15h, será feita a leitura bíblica completa da saga da ‘Paixão de Cristo’, nas paróquias. Às 17h, as paróquias seguem em grande procissão até a Catedral. E às 18h é quando o padre Mássimo conta que haverá a grande inovação deste ano. Será a encenação musicada da morte e crucificação de Jesus, contando na apresentação de 150 jovens atores. Outra mudança é que o espetáculo será feito na praça (esplanada) em frente ao Palácio Rio Branco, e não na frente da Catedral, para garantir mais comodidade e atenção do público.

Para não deixar o espírito religioso se esvair, o Sábado de Aleluia (23) terá a célebre Vigília Pascal, marcada pelo batismo de 11 adultos. No Domingo de Páscoa (24), as atividades começarão bem cedo e marcarão outro grande momento da semana. Às 5h da manhã, na Concha Acústica, haverá a concentração da Alvorada da Ressurreição, com louvor do Musical da Ressurreição até o primeiro raiar do sol. A seguir será celebrada a Santa Missa, na Catedral.

“Será uma programação marcante para a população de Rio Branco, cheia de representatividade aos verdadeiros valores e princípios deixados por Jesus Cristo para esta data”, resumiu o padre Mássimo.      
Solidariedade – Segundo o padre Mássimo, o motivo de esta ser uma semana de solidariedade é para que a população de Rio Branco possa resgatar o princípio de ajudar ao próximo, em especial, os desabrigados pelas enchentes do Rio Acre. Nesse sentido, a Igreja estará coletando os itens de maior carência entre os desabrigados, tais como roupas, cobertores, produtos de higiene pessoal, calçados, leite em pó e vários outros alimentos.

“É uma proposta religiosa fazer o jejum na sexta-feira santa. Portanto, neste ano queremos que pelo menos a economia gerada deste costume seja doada às famílias desabrigadas”, lançou o apelo, o padre.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation