Ouvidoria do TJ é instalada para receber denúncias, reclamações e até sugestões

Denúncias, reclamações e até sugestões e elogios sobre o poder Judiciário terão, a partir de agora, um destino certo. A Ouvidoria do Tribunal de Justiça do Acre, instalada oficialmente na manhã de ontem, estará apta a receber por carta, email, por meio de formulário disponível na internet e pessoalmente na sede localizada no Centro de Rio Branco, as opiniões e críticas da população sobre os serviços e órgãos da Justiça acreana. A comunidade será responsável em fornecer à ouvidoria informações que possam contribuir para a melhoria do atendimento e tornais mais transparentes as ações dos tribunais em todo o país.

“O Judiciário tem procurado se aperfeiçoar, melhorar os serviços. Nós conhecemos bem a população do Acre e o acreano vai em busca dos seus direitos. Temos certeza que de que a ouvidoria terá bastante trabalho”, disse na solenidade de abertura o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Adair Longuini. O funcionamento da Ouvidoria será de segunda a sexta-feira, de 9 às 18 horas. Depois de acolhidas, as sugestões, denúncias e reclamações serão enviadas aos órgãos e setores competentes. A população terá um retorno sobre as solicitações feitas.

Criada para funcionar para facilitar a comunicação entre usuário e a Justiça, a Ouvidoria poderá solicitar de suas unidades, esclarecimentos para que possa atender às reivindicações dos cidadãos que não poderão apresentar suas demandas de forma anônima, nem as que constituam crime. O juiz-ouvidor Elcio Sabo será o responsável pelas ações da Ouvidoria. Pela internet a Ouvidoria estará acessível no endereço www.tjac.jus.br onde se encontra um formulário eletrônico. O interessado também poderá enviar email para [email protected], ligar gratuitamente para o número 0800 721 0001 ou se dirigir pessoalmente à sede da Ouvidoria localizada na Rua Benjamin Constant, 1209, Centro de Rio Branco, ao lado do Fórum Barão do Rio Branco.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation