Homem toca fogo em casa e seqüestra taxista

A madrugada de domingo, 17, foi de horror para moradores da Rua Recife, bairro Calafate. Um homem, identificado por ‘David Fernandes’, 37 anos, supostamente sob efeito de bebida alcoólica e drogas, teria ateado fogo na casa de um desafeto e, em seguida, seqüestrado um taxista.
Fogo19
Segundo informações, David Fernandes e o vizinho, Aloildo Souza de Oliveira, 39 anos, teriam se desentendido há 2 meses. Houve uma discussão entre ambos, com ameaças mútuas.

De lá pra cá, David teria passado a nutrir um ódio pelo desafeto, o que o teria levado a decisão de atear fogo na casa de Aloildo. Ele teria aproveitado uma hora em que o desafeto estaria ausente do lar, em busca de socorro médico.

Por volta das 2h da madrugada de domingo, David teria se apossado de um galão de gasolina e ido a casa de Aloildo. Daí, teria espalhado o líquido inflamável pelas paredes e ateado o fogo.

Supostamente pelo excesso de nervosismo e pelo efeito das drogas, o acusado findou por ser atingido pelas labaredas. Após causar o incêndio, ele teria pego um táxi. Armado, ele teria seqüestrado o taxista e o obrigado a seguir as viaturas da polícia que circulavam no bairro.

Testemunhas informaram à polícia que terem visto David ateando fogo no local e entrando num táxi. Então, iniciou-se a perseguição que terminou com a prisão do acusado. Ele ainda portava o revólver usado no suposto seqüestro do taxista e certa quantidade de entorpecentes.

Preso, o acusado foi conduzido à Defla, indiciado e transferido para o presídio, sem direito a pagamento de fiança. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o incêndio. Só que quando chegaram ao endereço nada puderam fazer, pois o fogo já havia destruído a casa.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation