Gazetinhas 17/18/2011

* Chuva no domingo, chuva na segunda-feira e mais chuva ontem à tarde.

* Coisa boa!

* Amazônia sem chuva, sem água não existe.

* Além de aplacar o calor e elevar a umidade relativa do ar, serviu para atrapalhar as queimadas dos piromaníacos.

* Mas, atenção, o telefone toca. É El Brujo Davi Friale anunciando nova “friagem” para o final de semana.

* Consultando seus mapas e fazendo suas mandingas, adiantou que poderá ser a mais forte do ano.

* Brrrrrrr!

* Ainda sobre queimadas, olha o prejuízo que elas causam:

* segundo o engenheiro José Luiz Neves, da Eletronorte, os últimos ‘apagões’ que vêm castigando Acre e parte de Ron-dônia teriam sido causados por queimadas em áreas rurais na Ponta do Abunã.

* Com o fogo e a fumaça, a linha de transmissão esquenta e provoca quedas de energia.

* Faz sentido.

* Mas a Eletronorte precisa explicar por que a subestação, instalada na BR, que teria custado cerca de R$ 50 milhões, não fun-cionou.

* O vereador Marcelo Jucá, que é do ramo, cobrou ontem na Câmara Municipal seu funcionamento.

* O próprio governador Tião Viana, que se empenhou na reativação dos geradores, não deve estar entendendo essa nova crise no setor.

* Lembrando sempre que sem energia confiável todos os planos de desenvolvimento ficam comprometidos.

* Na política local, até que os deputados voltaram comportados dos festejos e inaugurações em Feijó e Cruzeiro do Sul.

* Sessão de ontem na Assembléia Legislativa rendeu pouco; só a troca de alguns chavecos.

* Devem ter sido as rezas do novenário da Glória em Cruzeiro e a falta de açaí em Feijó.

* Em tempo: sobre o Festival do Açaí, Janecy Mascare-nhas manda e-mail contando que compareceu, mas faltou o principal: açaí.

* “Nem picolé de açaí tinha”, segundo ela.

* Vereadores fazem hoje, às 17h30, no auditório da Aleac, homenagem ao colega Jessé Santiago, que morreu há um ano em acidente de carro na BR-364, no Juruá.

* Quem recebeu também homenagens dos familiares e amigos ontem foi o ex-deputado Francisco Thaumaturgo, que completou 98 anos(!).

* Construção civil reaqueceu; isso é bom para gerar emprego;

* Só não vale aumentar o preço do cimento.

* Sacanagem. Roubaram os óculos do Galvez.

* Hoje, tem Brasileirão.   

Assuntos desta notícia


Join the Conversation