Empresas brasileiras perdem R$ 263 bi de valor de mercado no ano

As empresas brasileiras de capital aberto perderam R$ 262,8 bilhões de valor de mercado nos primeiros sete meses do ano, de acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira pela consultoria Economática.

As 303 companhias pesquisadas valiam R$ 2,376 trilhões no final de 2010, número que caiu 11,1%, para R$ 2,113 trilhões no dia 1º de agosto.
Segundo a consultoria, o valor perdido no ano é próximo ao da Vale, que ontem era de R$ 252,7 bilhões.

O setor de siderurgia e metalurgia foi o mais afetado, com uma perda de 29,8% no valor de mercado. As 20 empresas com ações negociadas na Bovespa tiveram seu valor total reduzido de R$ 98,5 bilhões para R$ 69,2 bilhões no período, queda de R$ 29,3 bilhões.

Em valor nominal, o setor bancário foi o mais afetado, com queda de R$ 82,3 bilhões no período.

Já o melhor desempenho foi do setor de telecomunicações. As oito empresas do setor listadas na Bolsa tiveram crescimento no valor de mercado de 27%, passando de R$ 54,7 bilhões, no final de 2010, para R$ 69,5 bilhões.

Entre as empresas, a Petrobras foi a com maior queda nominal de valor de mercado no período, com uma redução de R$ 53,9 bilhões. (Folha.com)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation