Governo determina uso de helicóptero para proteger base atacada por peruanos

O Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública, determinou que o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer/AC)  desenvolvesse  missões em apoio a Polícia Federal, Exército Brasileiro e Funai na defesa da soberania nacional.
Ciopaer
O inicio da missão foi dado pelas denuncias de invasão, feita por peruanos,  a uma base avançada da Funai que fica a 23 Km de distância da fronteira com o Peru.

O deslocamento inicial ocorreu no dia 30 de julho com objetivos definidos para emprego da Aeronave Harpia 01. O Primeiro seria a retomada da base da Funai, conhecida como ‘Xinane’, que teria sido invadida por um grupo de pessoas com finalidades ainda desconhecidas.

Suspeita-se que os invasores sejam madeireiros ou traficantes peruanos.  Atualmente a base opera dentro da normalidade. Outro objetivo do emprego do Centro é a identificação e captura dos invasores, além da verificação da existência de pistas clandestinas para  pouso na floresta.

A missão, ainda em andamento, conta com a utilização de um helicóptero ‘Tipo Pantera’ do Exército Brasileiro, além de outro helicóptero e um avião Caravan da Polícia Federal. O Ciopaer/Ac  participa com uma guarnição completa  na aeronave e também com equipe em apoio pelo solo. (Ascom Ciopaer/AC)

Ciopaer_2

Ciopaer_3

Ciopaer_4

Ciopaer_5

Ciopaer_6

Assuntos desta notícia


Join the Conversation