Simpósio abre inscrições para oficina sobre reggae

Abriram-se as inscrições para a oficina sobre o reggae na Jamaica e no Brasil. A atividade faz parte da agenda do 5º Simpósio Linguagens e Identidades da/na Amazônia Sul Ocidental e 4º Colóquio Internacional As Amazônias, as Áfricas e as Áfricas na Pan-Amazônia. Os ministrantes serão Beryl W. Johnson e Krista Kateneva, ambos da Universidade do Texas.

A oficina está prevista para ocorrer de 8 a 10 de novembro, pela manhã, no câmpus da Universidade Federal do Acre (Ufac). As vagas são limitadas e as inscrições são efetuadas pelo sítio www.simposioufac.com.

O objetivo da oficina é apresentar alguns métodos e teorias oriundos da etnomusicologia que possam ser utilizados em estudos interdisciplinares e familiarizar o público nos casos em que uma prática musical adquire  significados, usos, funções musicais e extra-musicais, transformados na sua circulação pela diáspora.

Johnson e Kateneva são duas etnomusicólogas que utilizam conceito de usos e funções da música para observar os vários significados do som e do conceito de reggae na Jamaica e no Brasil.

O reggae é um gênero da música popular que surgiu na Jamaica na década de 1960 e é um dos que mais influenciaram a cultura popular mundial na segunda metade do século 20.

Várias práticas culturais e estilos musicais têm se desenvolvido a partir de reggae, na Jamaica e em outras partes do mundo, inclusive algumas técnicas de discotecagem e rap (toasting), dancehall, reggaeton e o ritmo brasileiro samba-reggae. Além disso, o reggae se tornou um símbolo extramusical a ser adotado, adaptado e reutilizado em vários locais na diáspora africana. (Assessoria)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation