Indígena é morto em aldeia de Mâncio Lima

A polícia ainda tenta esclarecer a morte de um indígena, encontrado dentro de casa, na aldeia Poyanawa, em Mâncio Lima, na manhã de terça-feira, 23. A investigação baseia-se na prática de latrocínio, supostamente cometido por pessoas da própria comunidade. O corpo de Abraão Barboza da Costa, 38 anos, foi levado ao Instituto Médico Legal, para exame cadavérico. Ele foi atingido com vários golpes de terçado na região do pescoço e cabeça.

A arma utilizada (um terçado) foi encontrada e apreendida em outra residência, há cerca de 200 metros do local do crime. Segundo moradores, o dono da propriedade é primo da vítima.

O corpo de Abraão Barbosa da Costa foi encontrado na cozinha da casa onde morava com a mulher e três filhas, pelo irmão, Isaquel Barbosa. O irmão da vítima acredita que ele conhecia quem o matou.

Isaquel, ainda chocado, declarou que a família imagina que o irmão foi morto do lado de fora da casa e depois arrastado para dentro da residência, de onde supostamente foi levada a quantia de 8 mil reais e alguns pertences. (Juruá Online)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation