O point

Se a polícia der uma batida no Calçadão da Gameleira aos domingos vai pegar muito marmanjo fazendo do lugar ponto de droga. Ali que deveria ser um ponto turístico, está entregue aos marginais. Fazer o quê?

Pronto falei!
Aliás a Fundação Elias Mansour deveria elaborar uma programação cultural aos domingos na Gameleira para “acordar” o setor de artes deste Estado. O que não pode é sua calçada servir de “point da bagunça” nos fins de semana!

Cadê as máquinas?
O inverno está batendo à porta e os moradores da Vila Custódio Freire ainda esperam pelo Deracre, que prometeu a recuperação de ramais. Ali é um pólo de verduras e peixe, motivo mais que suficiente para o governo investir no lugar! 

Cobertor
Ninguém comenta nada, mas em alguns hotéis da cidade o hóspede já conta com serviço de acompanhantes. Basta ligar na recepção e solicitar a presença de moiçolas para esquentar o travesseiro.

O que tá pegando?
Ninguém entende por que alguns companheiros  do PT querem “fritar” a candidatura de Perpétua Almeida já que ela é a única que tem densidade eleitoral para bater de frente com a oposição.

Country
Nem mesmo a forte chuva que desabou na noite de sexta tirou o brilho do Rio Branco Country Festival  promovido pela Pop Show Eventos. O galpão de eventos do Parque de Exposições ficou lotado de gente bonita para prestigiar o show dos cantores Carlos e Jader que colocaram todo mundo pra dançar até as quatro da manhã. O fotógrafo James Pequeno fez alguns flashes para a coluna.
Theooooo22d

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation