Plácido de Castro se despede com “chuva de gols”

Não foi uma simples vitória, foi a maior goleada de todas as séries do Campeonato Brasileiro deste ano. O Plácido de Castro massacrou o fraquíssimo time do Vila Aurora/MT por 9 a 1, no último sábado (10), no Arena da Floresta, pela 9ª rodada da Série D.

Mesmo com a vitória, o Tigre do Abunã deu adeus à competição, já que o Cuiabá/MT derrotou o Nacional/AM por 3 a 1, em Manaus/AM, e garantiu classificação à segunda fase, com uma rodada de antecedência. Com isso, o grupo A1 já tem os classificados definidos: Penarol/AM e Cuiabá/MT.

Jogo – O Plácido de Castro foi pra cima, ainda com esperanças de classificação, aproveitando-se da fragilidade do adversário. Araújo foi um dos destaques, balançando as redes por três vezes. Os outros gols foram assinalados por Kleyr (2), Batista (2), Wellington e Danilo Mendes.

Atuando com vários jogadores da categoria de base (o goleiro Adenildo tinha apenas 17 anos), o Vila Aurora fez o gol de honra com Eliezer.

Recurso – A diretoria do representante acreano deve se movimentar nos bastidores para reforçar a denúncia feita pela Federação Amazonense de Futebol (FAF) contra o Cuiabá/MT, que teria utilizado um jogador irregular na competição.

O atacante Willian fez três transferências interestaduais em 2011, o que é proibido pela legislação. No final do mês passado, o Cuiabá emitiu uma nota à imprensa confirmando a irregularidade do jogador. Porém, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ainda não definiu a data do julgamento. Como punição, o time de Mato Grosso pode perder 6 pontos, sendo ultrapassado pelo Plácido de Castro na tabela de classificação.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation