Jorge Viana entra na lista dos 100 ‘Cabeças’ do Congresso 2011, do Diap

Pela atuação sempre marcante, o senador Jorge Viana (PT/AC) comemorou o seu aniversário de 52 anos, ontem, entrando na lista do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) dos 100 ‘Cabeças’ do Congresso deste ano. Jorge teve destacada a sua habilidade política de articulação. Junto do petista, o ranking da entidade traz outros grandes nomes da política nacional, tais como Aécio Neves, Marco Maia, Aldo Rebelo, Marta e Eduardo Suplicy, Kátia Abreu, Pedro Taques, Renan Calheiros e Fernando Collor.
Jorge2109
A lista do Diap teve 62 deputados (federais) e 38 senadores. O PT e suas maiores lideranças políticas foi o partido de maior representatividade, com 27 nomes. Na seqüencia, vieram o PMDB (14 parlamentares) e o PSDB (13) para completar o top 3 dos eleitos como destaques do Diap. O departamento intersindical seleciona os nomes com base em uma série de critérios, incluindo os projetos apresentados, as suas capacidades de lidar com situações conflitantes, o ‘jogo de cintura’ para fazer propostas avançarem, entre outros.

Esta foi a 1ª vez que Jorge foi eleito pelo Diap. Ele é o único parlamentar acreano a fazer parte da 7ª edição da lista.
 
Críticas de Petecão – O senador Sério Petecão (PMN) subiu ontem a Tribuna do Senado e afirmou que o clima no Acre tem sido ‘pesado’ e ‘politicamente tenso’ desde a sua posse no Senado. O senador não mediu acusações ao governador Tião Viana e disse haver um controle da democracia e da mídia no Estado. Diante das denúncias, o senador Jorge Viana também subiu à tribuna e tratou de rebater, de imediato, a versão de Petecão sobre o Acre. Jorge devolveu as denúncias alegando que o que prejudica e causa clima ruim no Estado é um ‘grupo de políticos’ que ‘engana’ os acreanos e tenta usar da simplicidade do povo para ascender politicamente e ‘tomar de assalto um Estado que está dando certo, com mentiras e agressões. Jorge também defendeu Tião Viana, afirmando que ele foi uma das pessoas que mais construiu a imagem do Estado no Congresso. E agora, como governador, reúne todos os seus esforços para fazer do Acre um lugar melhor para se viver.

Jorge também se pronunciou sobre a polêmica matéria da IstoÉ, que foi reescrita para a divulgação de um panfleto clandestino aqui no Acre: “estou recorrendo à Justiça para me defender das agressões que me estão sendo feitas. Agora, confundir reportagem, tentar mudar, alterar reportagem, isso é crime. Foi isso que foi feito no Acre. Não é a repercussão de uma reportagem. A reportagem está aí, está na internet pra todo mundo ver”.

Selo verde pra ZPEs – O aniversário de Jorge Viana foi agitado ontem. Além de rebater o senador Petecão, ele também apresentou na Comissão de Meio Ambiente do Senado uma emenda estendendo a concessão do Selo Verde ‘Preservação da Amazônia’ aos produtos que saiam das ZPEs da região. Jorge explicou que o selo é uma maneira de atestar que os produtos da região seguem um rígido padrão de sustentabilidade em todos os seus processos produtivos, valorizando-os no mercado internacional. Da região, só a Zona Franca de Manaus teria de se ajustar para atender aos padrões exigidos pelo selo.   

Assuntos desta notícia


Join the Conversation