Projeto-piloto visa oferecer ensino integral a mais de 400 mil estudantes acreanos

A presidente Dilma Rousseff infomou ontem, 12, que neste ano mais de 30 mil escolas em todo o Brasil irão funcionar em período integral. Esse projeto faz parte do programa ‘Mais Educação’, que irá beneficiar mais de 5 milhões de estudantes brasileiros, inclusive em escolas rurais.

 De acordo com Denisson Roberto, coordenador estadual do Mais Educação, o programa já funciona no Acre desde 2008. “O Mais Educação é uma parceria do Governo Federal com Estados e municípios. Ele tem como objetivo melhorar os resultados dos indicadores de ensino e de aprendizagem dos alunos, onde eles participam de atividades pedagógicas, culturais e esportivas durante o período integral (das 7h às 8h de estudo)”, informou Denisson.

 Josenir de Araújo Calixto, Diretor de Ensino da Secretaria Estadual de Educação (SEE), revelou que há 1 mês uma escola está atuando com um projeto-piloto. “A escola Maria Chalub Leite está funcionando em horário integral. Estamos experimentando, vendo onde podemos melhorar para fazer a adesão em outras unidades de ensino”.

 Neste ano, cerca de 170 escolas urbanas e rurais irão participar do Mais Educação. “Mais de 40 mil alunos vão estudar em horário integral, pois o tempo normal de aula não é suficiente. Isso ampliará a aprendizagem dos alunos com essas atividades extras”, disse Josemir.

 O projeto vai beneficiar escolas de ensino fundamental e médio de todo o Estado, inclusive 5 escolas indígenas. O diretor de Ensino afirmou que em abril, alunos do 3º ano já iniciarão a estudar em horário integral. “Alunos do último ano do Ensino Médio de 20 escolas irão começar o Pré-Enem, para melhor prepará-los para o vestibular. As aulas em período integral começam no próximo mês”, finalizou Josenir.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation