Gazetinhas 11/04/2012

* Novidade na sucessão municipal!

* Tijolinho decidiu que, desta vez, não será ‘canidato’, ops!, candidato a prefeito de Rio Branco.

* Sério.

* Ele mesmo já procurou o governador Tião Viana para comunicar sua decisão irrevogável.

* O principal motivo: o programa “Ruas do Povo”, a principal bandeira de suas campanhas em outras eleições.

* Em vista disso, o governador deve convidá-lo nos próximos dias para visitar as ruas que estão sendo calçadas com tijolinhos e fazer um sobrevoo para avaliar o potencial de ‘bambures’ que o Acre dispõe.

* Outra de suas bandeiras de campanha.

* Sério.

*    Ainda sobre sucessão, o bafão que corria ontem nas redes sociais era o de uma grande conspiração.

*    E que conspiração!

*    Em resumo seria mais ou menos o seguinte: Petecão, Már-cio Bittar e Flaviano Melo estariam se unindo para rifar a candidatura de Tião Bocalom a prefeito da Capital.

*    Tudo em vistas já às eleições de 2014.

*     No caso, Bittar seria o candidato a prefeito de Rio Branco; Petecão, candidato a governador e Flaviano a senador.

*    Resumo da tramóia: Bocalom voltaria a dar aula de matemática na sua Acre-lândia e, por tabela, o deputado Gladson Cameli, com pretensões de ser candidato ao Senado, também seria rifado.

*    Malvados!

*    Pelo sim, pelo não, faltou combinar também com os interessados ou rifados.

*    Governador Tião Viana foi bem ali, em Brasília, atrás de recursos, e ontem já estava de volta com boas notícias.

*    O “verão” está chegando, não há tempo a perder.

*    Coincidência ou não com a reportagem do Fantástico do último domingo, o Ministério Público moveu ação pedindo a cassação de todos os vereadores de Cruzeiro do Sul.

*    Motivo: malversação da famigerada verba indenizatória.

*    Louvável, mas antes de tudo uma obrigação constitucio-nal e ética, o programa lançado pela Secretaria de Educação para baixar para 8% o número de analfabetos no Estado.

*    Cerca de 40 mil analfabetos é ainda um número vexatório.

*    Mas a sociedade também tem sua quota de responsabilidade e pode colaborar nesta cruzada.

*    Alguns torcem o nariz, mas mais uma vez o Acre deu exemplo de solidariedade ao permitir a entrada dos haitianos que estavam retidos em Iñapari, no Peru.

*    Uma questão humanitária.

*    Espera-se que o Governo Federal faça também a sua parte.

*    Está ficando bonita a nova rodoviária da Capital.

*    Lhé está lendo, no original, o poeta Gunter Grass, que denuncia as maldades de Israel contra os palestinos.

*    Vou ali e volto logo. Obrigação de ofício.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation