Hosmac muda o seu sistema de atendimento e passa a agendar consultas de pacientes

Mais de 2 mil pacientes por mês e uma demanda espontânea que sobrecarregava o atendimento diário. O problema fez com que a direção do Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac) desenhasse um novo formato de atendimento e marcação de consultas com o objetivo de dinamizar e humanizar o serviço. Em testes há cerca de dois meses, no início de abril o hospital implantou o sistema de agendamento de consultas para evitar que os pacientes se aglomerassem na unidade ainda durante a madrugada.

A sugestão partiu dos próprios usuários e seus familiares e faz parte do projeto de fortalecimento da relação entre paciente e médico. “É também uma medida de segurança para evitar os riscos que a população sofria ao se dirigir à unidade durante a madrugada e os constrangimentos de chegar para marcar consulta e não encontrar vagas”, explica o diretor do Hosmac em exercício, Marcos Araripe. Outra novidade é que agora, os médicos atendem também na parte da tarde evitando a aglomeração de pessoas durante a manhã.

O diretor pede que a população que usa o serviço tenha paciência e compreensão neste período de adaptação. A prioridade de atendimento para quem busca o serviço e não tem consulta agendada são os pacientes com indicação de internação e pessoas que vêm de municípios distantes e localidades de difícil acesso. Em duas semanas, a mudança já repercute de forma positiva e o fluxo diário de pacientes em busca de novas consultas que se aglomeravam no balcão diminuiu. A expectativa é que em três meses a situação esteja normalizada.

Como funciona o agendamento – No novo formato, quem já é paciente do Hosmac pode marcar a data do retorno (normalmente de 60 dias) logo após a consulta com o seu médico. Os que buscam atendimento pela primeira vez  podem procurar a unidade de 9h às 12h, de segunda a sexta-feira, com o encaminhamento feito por médicos da rede de atenção básica e documentos de identidade. Quem mora no interior do Estado, as consultas devem ser agendadas por meio das secretarias municipais de saúde, via fax, e encaminhada para o setor de Recursos Humanos do Hosmac.

O atendimento médico começa à 7h e o paciente deve chegar pelo menos meia hora antes do horário marcado. O serviço de emergências psiquiátricas funciona 24 horas. O sistema de dispensação de remédios não teve alteração. (Assessoria Sesacre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation