Semeia promove gincana ambiental

A Prefeitura de Rio Branco por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) realizou no último sábado, 14, gincana ambiental com alunos da escola Luiza Batista de Souza. A gincana foi planejada e realizada, como atividade prática do Curso de Formação de Educadores Ambientais – módulo de Legislação Ambiental dado pela Semeia. A ação foi realizada pelos educandos do curso na Escola de Educação Ambiental do Horto Florestal.
Ginástica ambiental
Com o tema “Igarapé Fundo o Rio do Nosso Quintal” os educandos da Semeia levaram conhecimento e diversão, para alunos do 4º e 5º anos da escola Luiza Batista localizada no Conjunto Esperança, bairro que faz parte da área de abrangência de projeto de revitalização do Igarapé Fundo que será realizado pela Semeia.

Para Sandra Cavalcante, participante do curso de formação da Semeia, o mais importante na intervenção, além da interação com os alunos da escola, foi a transmissão dos conhecimentos adquiridos sobre legislação e educação ambiental, durante os módulos teóricos.

Essa intervenção teve o objetivo de passar informações aos alunos sobre legislação, educação ambiental e cidadania. Bem como, possibilitar integração, cooperação, espírito de união na busca de objetivos comuns. Além de promover momentos de alegria, descontração e lazer.

“Eu aprendi preservar a natureza, não jogar lixo no igarapé, pois isso é muito ruim para o nosso futuro e o futuro do planeta”, comentou Edisan Neri, aluno do 5º ano da escola Luiza Batista de Souza.

Segundo a diretora da escola Franci Cândida da Costa, atividades assim são importantes porque contribuem para o aprendizado dos alunos. “Nossa escola está sempre aberta a ações como esta, que venham acrescentar conhecimentos aos conteúdos desenvolvidos na sala de aula. A gincana possibilita à criança aprender brincando”, relata.

Durante toda a manhã, as crianças divididas em equipes, realizaram diversas atividades de cunho educativo, esportivo e cultural, como perguntas e respostas, flanelógrafo, caixinha de surpresa, corrida do saco, corrida de três pés, dança da cadeira e confecção de cartazes de advertência, utilizando legislação ambiental como tema principal. (Ascom PMRB)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation