Presidiário em condicional é vítima de tentativa de homicídio

O presidiário em liberdade condicional Cristovão Mesquita de Souza, 42 anos, foi vítima de tentativa de homicídio na manhã de ontem, 13, em frente a casa onde mora na Rua Santa Maria, bairro João Eduardo II.

De acordo com testemunhas a vítima teria saído de casa para trabalhar, mas um fiscal da Central de Penas Alternativas (Cepal) teria ido à casa para saber se realmente ele estaria cumprindo a pena alternativa.
A mulher de Cristovão teria telefonado para o marido avisando que retornasse em casa para assinar o documento que o fiscal da Cepal teria levado para ele.

Cristovão retornou a casa onde assinou o documento e quando subia na motocicleta para retornar ao local do trabalho foi atacado pelo cunhado Cleudo da Silva, 21 anos, que de posse de uma faca desferiu dois golpes na vítima atingido o primeiro golpe nas costas próximo aos rins e a segunda perfuração atingiu o pescoço de Cristovão.

Uma equipe de suporte avançado do Samu socorreu a vítima que foi conduzida ao Pronto Socorro de Rio Branco.

Uma guarnição do 3º Batalhão da Polícia Militar foi ao local do crime, em seguida, saiu em busca de prender o acusado que fugiu levando a arma do crime.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation