Jorge destaca apoio do Governo do Acre aos povos indígenas

O senador Jorge Viana participou na manhã de ontem, 16, da sessão solene para celebrar o Dia do Índio e em discurso a tarde, destacou a importância do trabalho que vem sendo rea-lizado pelos governos da Frente Popular do Acre nos últimos 12 anos em apoio aos povos indígenas no Estado. Ele lamentou, porém, que os recursos federais para o apoio às tribos indígenas no Estado ainda não sejam suficientes para superar problemas graves em áreas como a saúde e lembrou a importância do trabalho de organizações não governamentais como a Comissão Pró-Índio.

“Reservei o meu tempo de hoje para tentar conversar um pouco com todos que nos ouvem na Rádio Senado ou que nos assistem pela TV Senado, e para que possa, de alguma maneira, constar nos Anais da Casa um pouco da história do Acre em relação aos povos indígenas e, de alguma maneira, passar um pouco do que penso sobre esses povos, que são tão importantes, que estão tão enraizados na cultura brasileira”, disse o senador. “Depois de tanto tempo, o Brasil ainda busca consolidar uma política para os povos indígenas. Isso ainda segue sendo um desafio”.

No pronunciamento, Jorge Viana destacou o trabalho realizado pelo deputado padre Tom, presidente da Frente Parlamentar dos Povos Indígenas, Marcos Terena, o secretário especial de Saúde Indígena, Antônio Alves de Souza, representando o Ministro Alexandre Padilha e ao trabalho de Márcio Meira na Funai.

“Quero fazer uma referência. Estamos vivendo uma fase de mudança na Funai, mas, mesmo com os problemas persistindo, mesmo com os problemas se agravando, vale a pena ficar registrado, nos Anais do Senado, o quanto foi dedicada atuação do Márcio Meira. Fazia muito tempo que nós não tínhamos um presidente da Funai por tanto tempo. Ele é uma pessoa da maior grandeza, um grande brasileiro, um amazônida dedicado”, disse referindo-se ainda antropólogo Marcelo Piedrafita e aos sertanistas Sidney Possuelo e José Carlos Meirelles, que estão entre os mais estudiosos dos povos isolados no país.

Ao se referir a Meirelles, Jorge Viana lembrou o trabalho que vem sendo feito na Frente de Proteção Etnoambiental Rio Envira, que vem recebendo apoio do governo do Acre desde a gestão de Jorge Viana (apoio este que teve prosseguimento na gestão de Binho Marques e agora na gestão de Tião Viana).

“Eu mesmo sobrevoei aquela região quando era governador. Lá estão hoje mais de 500 índios de três povos que nunca tiveram contato com o chamado homem branco. Nós avançamos muito no apoio aos povos indígenas no Acre mas, infelizmente, os recursos federais ainda são escassos”, disse Jorge Viana.

No mesmo pronunciamento, o senador destacou o filme Xingu que está em exibições nos cinemas brasileiros. “No domingo, depois de retornar do meu Acre fui ao cinema assistir Xingu, uma obra primoroso que retrata a heróica história dos irmãos Cláudio, Leonardo e Orlando Villas Bôas, criadores do Parque Nacional do Xingu em 1961, marco na defesa dos direitos dos povos indígenas. Dirigido por Cao Hamburger, o filme está sendo exibido na semana do e que eu indico pela qualidade do elenco, roteiro e caracterização dos personagens”, disse Jorge Viana. (Assessoria)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation