Mesa Diretora da Aleac é definida sem grandes novidades

 A primeira sessão ordinária do ano de 2013, na Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) foi iniciada nesta terça-feira, 05, com a abertura dos trabalhos pelo presidente da Mesa Diretora, deputado Élson Santiago (PEN). Após iniciada, a sessão foi suspensa para a discussão das chapas que iriam concorrer a Mesa.

 Reiniciado os trabalhos, com a maioria dos parlamentares presentes, foi anunciada a chapa única, pelo deputado Ney Amorim (PT), para compor a Mesa Diretora do parlamento estadual. A composição foi a seguinte: presidente, Élson Santiago (PEN); 1º vice-presidente, Moisés Diniz (PC do B); 2º vice-presidente Jamyl Asfury (PEN); 3º vice-presidente Elder Paiva (PEN).

 Já nas secretarias a composição foi esta: 1ª secretaria, deputado Ney Amorim (PT); 2ª secretaria, deputado Chico Viga (PSD); 3ª secretaria, deputado José Luiz Tchê (PDT); 4ª secretaria Deputada Antônia Vieira (PSDB); 5ª secretaria, deputado Edvaldo Souza (PEN).

 O destaque é a criação da 3ª vice-presidência e da 5ª secretaria que não existia no biênio anterior. Segundo alguns parlamentares a medida foi consenso entre os deputados para a criação de mais dois cargos e pôr fim ao impasse da composição das chapas.

 O voto para a escolha da Mesa Diretora da Aleac é aberto, diferente da Câmara Federal e do Senado que é secreto. Quando o presidente Élson Santiago abriu a votação, poucos deputados usaram a tribuna para justificar seu voto, com exceção do deputado Gilberto Diniz (PT do B) que afirmou que a composição da chapa tinha influência do poder executivo e justificou o seu voto.

“O meu voto na segunda secretaria vai para José Luiz Tchê, eu já havia falado a ele isso. Na 3ª secretaria voto em Luiz Tchê novamente. Eu crio a minha chapa”, disse Diniz.

 Sem mudanças e novidades a chapa única, encabeçada pelo atual presidente deputado Élson Santiago, foi a vencedora com 24 votos para todos os cargos, com exceção apenas para a segunda secretaria que era tida como o grande gargalo. Chico Viga (PSD) obteve 22 votos dos 24 deputados presentes. Os deputados Werles Rocha (PSDB) e Gilberto Diniz (PT do B) não votaram em Viga.

 O nome da deputada Antônia Sales (PMDB) para assumir a ouvidoria da Aleac foi anunciado por Élson Santiago. Para o presidente a chapa contemplou a todos, tanto situação quanto oposição.

“Quero agradecer a todos os deputados por acreditar no nosso trabalho. Esperamos fazer um mandato melhor que o passado. A chapa única demonstra a união no parlamento, tanto da situação quanto da oposição”, disse o chefe maior do legislativo estadual.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation