Pular para o conteúdo

Gazetinhas 26/09/2013

* Visitando este matutino o governador Tião Viana.

* Está bem o governador.

* Tranquilo, animado com os projetos em andamento e os que ainda estão para acontecer.

* Só reclama e se irrita um pouco quando o assunto é G-7.

* Não, segundo ele, pelas irregularidades apontadas, mas pelas injustiças cometidas.

* E também porque acabou por comprometer em parte o cronograma das obras da Cidade do Povo e do Ruas do Povo.

* Tanto é que estão faltando empresas para tocar o projeto da Cidade do Povo, com o impedimento e a retração de algumas empresas envolvidas na operação.

* Mesmo assim, diz ele, as obras de infraestrutura que estão sendo tocadas pelo Governo (escolas, delegacias, postos de saúde etc.) já estão empregando mais de 4 mil operários e logo mais podem até faltar trabalhadores.

* Com a decisão do STF de passar o processo para a Justiça Federal, ele confia que se fará justiça.

* Reclama também que do ano passado até agora o Acre já perdeu cerca de R$ 700 milhões com a queda dos repasses do FPE, mas assegurou que o pagamento do funcionalismo público, o 13º estão garantidos.

* Sobre as eleições do próximo ano, acha que a oposição está com mais problemas para se entender se vai ou não sair com candidatura única e outras diferenças do que a Frente Popular.

* Na sua avaliação, a oposição deverá mesmo sair com dois ou mais candidatos a governador.

* E para o Senado ainda deverão ocorrer algumas mudanças nos nomes que estão sendo cogitados.

* Mesmo sendo candidato natural à reeleição, diz que só anunciará sua decisão no final de outubro.

* Sério.

* Mas é claro que será candidato.

* Falou ainda sobre saúde, segurança pública, conclusão da BR-364 até Cruzeiro do Sul, possível visita da presidente Dilma Rousseff…

* Ver entrevista completa na pág. 3.

* A propósito de eleição, duas informações importantes do TRE.

* A primeira, a de que os pretensos candidatos às eleições do próximo ano só têm até o dia 5 de outubro – pouco mais de uma semana – para se filiar a algum partido político.

* A outra é a de que os eleitores poderão agendar pela internet junto ao TRE o dia e a hora para fazer o recadastramento biométrico.

* Em tempo: ainda sobre eleições, o governador Tião Viana revelou ontem que fez uma proposta inédita e ousada ao presidente do TRE, desembargador Adair Longuini, à procuradora de Justiça, Patrícia Rêgo, e à Associação dos Magistrados do Acre:

* fazer um depósito de R$ 2 milhões (o Estado bancaria) para combater a compra de votos.

* Sebrae/Acre convidando para palestra sobre “O Futuro da Economia Brasileira e os Pequenos Negócios” com a jornalista Salete Lemos, hoje, às 20h, no auditório da Fieac.

* Combinado assim: agora, chega, basta, “friagem” só no ano que vem.