Pular para o conteúdo

Mais 4,4 mil estudantes acreanos farão a prova da 2ª fase da Obmep neste sábado

 A tarde deste sábado, dia 14, será de provação e de desafios para 4.443 estudantes acreanos do ensino médio e fundamental (do 6º, 7º, 8º e 9º anos). Eles irão fazer, a partir das 13h30 (ou 14h30, no horário de Brasília), a prova da 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) 2013. A maioria dos alunos são das séries do ensino fundamental. Eles vão realizar o teste junto com outros 950 mil estudantes em todo o país.

 O Acre é o segundo estado que menos tem aprovados nesta 2ª fase da competição, à frente só de Roraima (que teve apenas 3.357 candidatos aprovados na 1ª fase). O Estado que mais tem participantes é São Paulo (174,5 mil), seguido de Minas Gerais (110,1 mil) e da Bahia (77,8 mil).

 A prova terá duração de, no máximo, 3 horas. Ela terá 6 questões discursivas. Nelas, os alunos irão explicar todos os cálculos e o raciocínio lógico utilizado para a se chegar até a resposta dos questionamentos. Ou seja, não adianta só chegar ao resultado correto, mas sim esmiuçar os caminhos que levaram o aluno a chegar até a sua resposta.

 A correção das provas será realizada em 2 processos. A primeira correção será regional, feita por uma banca de professores universitários regionais que tem seus nomes indicados pelos coordenadores da Obmep. Já o 2º passo será em âmbito nacional, por professores que supervisionam o comitê de provas da olimpíada.

 Na 1ª fase da Obmep, mais de 18 milhões de estudantes participaram da olimpíada, um número recorde. Do Acre, foram mais de 70 mil participantes. Eles fizeram as provas da 1ª etapa no dia 4 de junho, e agora só 5% deles passaram ao 2º estágio.

 O resultado final desta 2ª etapa da competição será divulgado no dia 29 de novembro. Na ocasião, serão premiados 6 mil medalhistas, dos quais 500 são de ouro, 900 são de prata e 4.600 são de bronze. Além disso, outros 46.200 estudantes receberão a menção honrosa por chegar tão longe na competição.  Os medalistas participarão do Programa de Iniciação Científica da Obmep em 2014.