Imigrantes haitianos serão atendidos pelo programa Saúde Itinerante

HAITIANOS 2A equipe do programa Saúde Itinerante está nas estradas acreanas todos os fins de semana, levando atendimento médico especializado à população que reside em locais de difícil acesso ou que anseia por uma consulta ou exame específico e não tem como vir até a Capital para realizá-lo. Dessa vez, os imigrantes haitianos receberão atendimento, nos dias 24 e 25 deste mês, em Brasiléia.

Os atendimentos serão realizados no Centro da Juventude, próximo ao abrigo dos imigrantes. A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) ofertará consultas nas áreas de clínica médica, gastroenterologia, pediatria, dermatologia, psiquiatria, infectologia e cardiologia, além de exames como: ultrassonografia, eletrocardiograma e análises laboratoriais (bioquímicos, hematológicos, sorológicos, imunológicos, hormonais e urinálise). (Marcelo Torres / Assessoria Sesacre)

Uma campanha de vacinação pretende imunizar todos os imigrantes que estão alojados no município de Brasiléia, distante 232 km de Rio Branco. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a ação deve ocorrer a partir da terça-feira (28). O trabalho vai ter o suporte da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre).

De acordo com o coordenador do Programa Estadual de Imunização, Ivan Galvão, apesar do número de imigrantes ser rotativo, a campanha se prepara para vacinar aproximadamente 2.500 pessoas. O atendimento será feito por 6 servidores, 3 vacinadores e 3 para fazer os registros.

Segundo a secretária de Saúde de Brasiléia, Aldenice Ferreira, as vacinas que serão aplicadas são a tríplice viral, febre amarela e hepatite B. Para as vacinas que necessitam do reforço, os imigrantes vão receber orientação sobre como continuar o ciclo. (Caio Fulgêncio, Do G1/AC/ Foto: Cedida)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation