Pular para o conteúdo

Oito armas de fogo são encontradas perto de uma casa na Reserva Chico Mendes

 Homens do 3º Batalhão da Polícia Militar desencadearam a Operação ‘Desarma Transacreana’, que culminou com apreensão de oito armas de fogo e um punhal, além da detenção de dois homens da mesma família na madrugada desta sexta-feira (17). As armas foram apreendidas na Reserva Chico Mendes. O objetivo da investida policial foi para conter a onda de roubos e furtos com arma de fogo na região.

 Os sargentos S. Braga e Josué Neves, e os soldados Nogueira e Fábio Oliveira, se deslocaram por mais de 6 horas montados em cavalos e enfrentaram 3 horas de uma longa caminhada dentro da reserva. Até que chegaram à casa de um seringueiro de 60 anos, que mora com um filho de 25 anos. As armas foram encontradas escondidas no matagal próximo da casa.
Pai e filho foram detidos e encaminhados à Delegacia de Flagrantes em Rio Branco para prestarem maiores esclarecimentos. A polícia desconfia que um neto do seringueiro, que mora em Rio Branco (mas ultimamente estava morando com o avô na reserva), seja o responsável por furtos e roubos na região, utilizando as armas. Segundo a PM, este adolescente conseguiu fugir.

 O sargento  Braga informou a um site local que as armas não possuem origem (documento), sendo algumas delas de fabricação artesanal.   Os familiares do infrator responderão pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e devem ser liberados em breve para responder pela infração em liberdade.