Pular para o conteúdo

“Querem dar a ideia de que eu sou instável”, acusa o deputado federal do PV, Henrique Afonso

O deputado federal Henrique Afonso (PV/AC) disse que há uma tentativa de seus adversários políticos em transmitir uma imagem à sociedade de que ele seria um homem ‘instável’. O parlamentar assegurou que, em uma conjuntura política, é normal optar pelo melhor projeto e abdicar de alguns para dar preferência a aquele que atende melhor os interesses da sociedade.

“Querem dar a ideia de que sou instável. Esse intento é desde que lancei minha pré-candidatura. Continuo pré-candidato ao governo nesse grupo, junto com o Márcio Bittar e o Vagner Sales. À frente saberemos qual é o melhor projeto para ganhar a eleição e governar o Acre”, destacou o deputado acreano.

Henrique Afonso explicou as especulações de que ele seria vice na chapa de Márcio Bittar. Ele acrescentou que não se trata de ter duas palavras, mas sim ter a simplicidade de recuar quando necessário. Disse, ainda, que fará o possível para que o seu nome se viabilize na disputa.

“Não podemos descartar a questão de ser vice. O que espero é que o meu nome ganhe espaço para ser cabeça. Temos que ter a humildade quando nos propomos a fazer alianças”, ressaltou.

Na última terça-feira, 14, o parlamentar publicou um artigo apontando os 10 principais erros cometidos pela Frente Popular do Acre. Entre os 10 itens elencados, a perpetuação no poder seria o mais grave. Em sua análise, o deputado oposicionista afirma que ‘os princípios, valores, paradigmas que edificam a sociedade’ devem ser perpetuados, e não um grupo político.

“Entretanto, o que a FPA quer é se eternizar no poder, demonstrando que o seu projeto é o poder pelo poder. Ou seja, trocaram o projeto de um Acre feliz por projeto de poder que tem favorecido um pequeno grupo de pessoas e a interesses de família”. E acrescenta: “temos algo melhor e, durante a campanha, vamos surpreender com o melhor projeto político de desenvolvimento social, econômico e cultural”.