Pular para o conteúdo

Petecão diz desconhecer pesquisa que aponta Bocalom como favorito da oposição ao governo

Petecao imagem419514O senador Sérgio Petecão (PSD/AC) confessou que não manteve diálogo, ainda, com o ex-prefeito de Acrelândia, Tião Bocalom (DEM) com relação a ele (Bocalom) ser o candidato ao Governo do Estado em 2014. Ele disse desconhecer a pesquisa citada por Bocalom em que o democrata aparece como o melhor nome na oposição para disputar o cargo majoritário.

“Desconheço essa pesquisa. Até agora, eu só fiz uma. Não sei dessa do Bocalom. Se ele fez, não me mostrou os números. Sempre defendi duas candidaturas ao Governo do Estado. Vejo como saudável. Já para senador não é bom 2 candidaturas”, destaca o senador acreano.

Petecão contou sobre o acordo firmado com Tião Bocalom e disse que a parte dele será cumprida. Segundo o senador, a expectativa é de que o ex-tucano cumpra o que foi celebrado no passado. Ou seja, os dois nomes sejam mantidos até maio ou junho e, neste período, possa-se avaliar qual o melhor dentre os dois.

Petecão foi categórico ao reafirmar a sua pré-candidatura ao Governo do Estado. Segundo ele, isso é uma decisão tomada. “O que posso dizer é que sou candidato ao Governo do Estado”, pontuou o senador.

Quanto à investigação da Polícia Federal pela suposta cobrança indevida de Petecão a seus assessores, o senador explicou que não foi intimado para prestar esclarecimentos e que tudo isso não passa de ‘perseguição’ de seus adversários políticos.

“Em tempo de eleição é assim. Já estou preparado. Não fui intimado pela Polícia Federal para falar sobre isso. A minha vida sempre foi muito aberta. Não tenho o que temer. Se tem alguém que não pode falar em corrupção é o PT”, alfinetou o senador.